Donald Trump em 2016
Foto de Donald Trump via Shutterstock
 

A exatos sete dias de finalizar seu mandato como presidente dos Estados Unidos, Donald Trump foi banido do YouTube por… sete dias.

A plataforma de vídeos é só mais uma a suspender a conta do político por conta dos acontecimentos recentes. Vândalos apoiadores de Trump que, assim como ele, não aceitam sua derrota para Joe Biden, invadiram o Capitólio no último dia 6 de janeiro. O grupo tentou impedir justamente a sessão que tornou legítima a vitória de seu oponente.

Em um comunicado divulgado pelo site (via THR), o YouTube declarou:

Após análise, e à luz das preocupações sobre mais casos potenciais de violência, removemos o conteúdo mais recente enviado ao canal de Donald J. Trump por violar nossas políticas. Agora, ele teve seu primeiro aviso e está temporariamente impedido de enviar novo conteúdo por *no mínimo* 7 dias.

A carta continua:

Dadas as preocupações contínuas sobre violência, também desativaremos indefinidamente os comentários no canal do presidente Trump, como fizemos com outros canais em que há questões de segurança encontradas na seção de comentários.

A situação ainda é tensa nos Estados Unidos, com muitos cidadãos e até políticos acreditando que o laranjão ainda possa incitar mais algum ato ou tentativa de golpe nos próximos dias.

Vale lembrar que a posse de Biden acontece no dia 20 de janeiro e que hoje (13) iniciou-se o segundo processo de impeachment contra o magnata na Câmara dos Deputados.

Até então, o atual presidente já foi banido do Twitter, Facebook, TikTok e até o Pinterest. Socorro, hein?

LEIA TAMBÉM: Será? Lana Del Rey diz que presidência de Trump “precisava acontecer”

   
Compartilhar