Donald Trump é banido do Twitter
Foto Stock via Shutterstock
 

E agora é pare sempre: Donald Trump foi banido do Twitter de forma permanente.

A conta do presidente dos Estados Unidos já havia sido bloqueada de forma temporária no dia em que centenas de seus apoiadores invadiram o Capitólio e ele publicou mensagens dizendo que os apoiava.

Agora, a plataforma criada por Jack Dorsey se manifestou, dizendo que a conta continuou violando regras e, pela reincidência, foi suspensa para sempre:

Após uma revisão detalhada de Tweets recentes da conta @realDonaldTrump e do contexto em torno deles – especificamente como eles estão sendo recebidos e interpretados no Twitter e fora dele – nós suspendemos de forma permanente a conta devido ao risco de mais incentivos à violência.

No contexto dos terríveis eventos dessa semana, deixamos claro na Quarta-feira que novas violações das Regras do Twitter poderiam resultar nessa decisão. A nossa plataforma de interesse público existe para permitir que o público receba mensagens diretas de oficiais eleitos e de líderes globais. Ela se baseia no princípio de que as pessoas têm o direito de manter o poder de prestar contas abertamente.

Entretanto, deixamos claro durante os anos que essas contas não estão acima das nossas regras e não podem usar o Twitter para incitar violência, entre outra coisas. Continuaremos sendo transparentes quanto às nossas políticas e suas aplicações.

Além da mensagem, o Twitter ainda explicou quais tweets foram analisados e como isso foi feito. Você pode ver, em Inglês, por aqui.

Em tempo, siga o perfil oficial do TMDQA! no Twitter para não perder nenhuma notícia do site e recebê-las em primeira mão!

LEIA TAMBÉM: Donald Trump é suspenso do Facebook e Instagram por tempo indefinido, diz Mark Zuckerberg

   
Compartilhar