System Of A Down e a história do genocídio armênio que obrigou os pais de Aracy Balabanian a virem ao Brasil

Grandes nomes do Rock e da TV brasileira, System Of A Down e Aracy Balabanian estão unidos pelas causas relativas à Armênia; entenda.

System Of A Down, Aracy Balabanian e a história do genocídio armênio
Imagens: Divulgação

Uma das maiores atrizes do Brasil, Aracy Balabanian nos deixou nesta segunda-feira (7). Ela tinha pais nascidos na Armênia, e quem é fã de Rock pode conhecer a dura história desse país por causa do System Of A Down.

Como lembrou a deputada federal Erika Hilton no Twitter, Aracy foi ativista pelo reconhecimento do genocídio armênio por parte do governo brasileiro, e também assinou o manifesto “Armênios contra Bolsonaro” nas eleições de 2018.

Continua após a imagem

Erika Hilton sobre Aracy Balabanian

O conflito em questão aconteceu entre 1915 e 1923 quando o Império Otomano (atual Turquia) promoveu o extermínio sistemático dos súditos armênios, levando à morte entre 800 mil e 1,8 milhão de pessoas.

Nos dias de hoje, a Armênia vive outro grave conflito com contornos geopolíticos e religiosos, disputando as terras de Nagorno-Karabakh com o Azerbaijão, que tem o apoio da mesma Turquia e da Síria, causando diversas perdas e podendo desestabilizar as fronteiras com o Irã e o Iraque.

Continua após o vídeo

System Of A Down

Grande representante do Nu Metal e um dos maiores nomes do Rock nas últimas décadas, o System Of A Down – assim como Aracy Balabanian – sempre usou a sua arte para levantar bandeiras relativas à Armênia.

O baixista Shavo Odadjian é nascido no país, enquanto o vocalista Serj Tankian e o baterista John Dolmayan são do Líbano e o guitarrista Daron Malakian é americano, mas todos com ascendência armênia. Os avós de Serj, por exemplo, são sobreviventes do genocídio.

Continua após o vídeo

O cantor até já participou de uma reportagem do Jornal da Globo para ajudar a explicar ao público brasileiro o conflito atual com o Azerbaijão. À mídia americana, Shavo disse que a guerra na Armênia é como “um 11 de Setembro todo dia”.

Em 2020, quando o conflito na região de Nagorno-Karabakh explodiu de vez, o SOAD lançou de surpresa suas primeiras músicas inéditas em 15 anos, chamadas “Protect the Land” e “Genocidal Humanoidz”, justamente para chamar atenção para a causa.

Continua após o vídeo

Aracy Balabanian

Filha de armênios que também fugiram do genocídio, Aracy Balabanian nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, em 1940. Ela iniciou a carreira aos 12 anos de idade e passou pelo teatro e pelo cinema, mas marcou época especialmente na televisão.

Um de seus trabalhos mais icônicos é justamente uma homenagem à sua ascendência: a Dona Armênia, da novela Rainha da Sucata. Ela ainda viveu a inesquecível Cassandra de Sai de Baixo, e seu último trabalho foi o especial Juntos a Magia Acontece, de 2019.

Aracy estava internada no Rio de Janeiro e, embora a causa da morte não tenha sido revelada, ela estava tratando um câncer de pulmão desde o fim do ano passado. A atriz tinha 83 anos. Que descanse em paz e obrigado por tudo!

LEIA TAMBÉM: Serj Tankian (System of a Down) lança single celebrando origens armênias; ouça