Phoebe Bridgers e Marilyn Manson
Fotos via Reprodução/Instagram e Wikimedia Commons
 

E não param de aparecer relatos de pessoas próximas e/ou que tiveram algum tipo de relação com Marilyn Manson confirmando a natureza abusiva do cantor.

Nos últimos dias, diversos nomes endossaram os relatos de Evan Rachel Wood, atriz que chegou a ser ex-noiva de Manson e citou diversos abusos cometidos por ele. Entre essas pessoas estão até alguns ex-colaboradores de Marilyn, como Trent Reznor (Nine Inch Nails)Wes Borland (Limp Bizkit), ambos tendo garantido que cortaram relações há anos e reafirmando que o cantor não é uma boa pessoa.

Agora, foi a vez de Phoebe Bridgers se pronunciar sobre o caso. A cantora que vem chamando muita atenção nos últimos anos teve um relato um pouco diferente, pois sua relação com Manson foi enquanto fã — ela relembrou uma visita à casa do músico enquanto ainda era adolescente.

Em sua conta oficial do Twitter, ela escreveu [alerta de gatilho]:

Eu fui à casa do Marilyn Manson quando eu era uma adolescente com alguns amigos. Eu era uma grande fã. Ele se referiu a um quarto na sua casa como o ‘quarto do est*pro’, eu pensei que era apenas o seu senso de humor horrível de um garoto de fraternidade. Eu parei de ser fã. Eu estou com todo mundo que se pronunciou.

A gravadora sabia, os empresários sabiam, a banda sabia. Se distanciar agora, fingir estar chocado e horrorizado é patético pra caralho.

Você pode conferir a publicação original ao final da matéria ou clicando aqui.

Marilyn Manson e casos de abuso

A atriz Evan Rachel Wood terminou seu noivado com Manson em 2010 e nesta última segunda-feira (1º de Fevereiro) falou abertamente sobre seu relacionamento com o músico.

Em sua publicação no Instagram, Evan revelou que passou por uma “lavagem cerebral” e foi “manipulada para ser submissa”. Além disso, definiu Marilyn como um homem perigoso e declarou estar ao lado “das várias vítimas que não se silenciarão mais”.

Ela ainda compartilhou textos de outras mulheres como uma fotógrafa que trabalhou com Manson e relatou que ele aplica até mesmo “táticas de tortura” para controlar as pessoas. A outra ex-noiva do cantor, Rose McGowanendossou todas as falas de Wood.

Ele negou todas as acusações e citou que seus relacionamentos íntimos sempre foram “inteiramente consensuais”.

Após a denúncia, a gravadora Loma Vista se manifestou e anunciou o encerramento do contrato com o artista para a promoção do seu disco atual e que também não pretende realizar projetos futuros com ele, e você pode ler o comunicado aqui.

Marilyn também perdeu papéis em duas séries que participava.

 
Compartilhar