Marilyn Manson e Rose McGowan
Fotos via Reprodução/YouTube e Wikimedia Commons
 

Ontem (1º) nós falamos por aqui sobre como surgiram diversas acusações de abuso e tortura mental de Marilyn Manson com sua ex-noiva, Evan Rachel Wood.

Agora, outra ex-noiva do músico se pronunciou sobre o caso e direcionou seu apoio a Wood. Trata-se da atriz Rose McGowan, que usou seu Instagram para escrever a seguinte mensagem:

Eu peço profundas desculpas a todas que sofreram o abuso e a tortura mental de Marilyn Manson. Quando eu digo que Hollywood é um culto, eu quero dizer que a indústria do Entretenimento inclusive a indústria musical é um culto. Cultos protegem a podridão do topo. Há uma doença neles e isso precisa ser freado. O complexo de fama da indústria escolhe quem eles vão proteger e quem eles deixarão que sejam suas vítimas. Para lucrar. Eu estou do lado de Evan Rachel Wood e de todas aquelas que falaram ou vão falar sobre. E por favor não comecem com o ‘por que elas demoraram tanto tempo para falar disso?’ que humilha vítimas/sobreviventes, é o que faz com que outras não dêem esse passo. E para todos aqueles que cobriram esses monstros, tenham vergonha. Se levantem e digam chega.

Vale lembrar que McGowan foi bastante vocal na época do #MeToo, tendo feito denúncias contra o produtor Harvey Weinstein.

Ao mesmo tempo, ela esteve em um comunicado divulgado pela assessoria de Manson em 2020 que afirmava que os dois tinham uma boa relação e citava a atriz como alguém que poderia comprovar que as acusações contra o cantor não tinham fundamento.

Você pode ver o post de Rose ao final da matéria.

Marilyn Manson e casos de abuso

A atriz Evan Rachel Wood terminou seu noivado com Manson em 2010 e nesta segunda-feira (1º de Fevereiro) falou abertamente sobre seu relacionamento com o músico.

Em sua publicação no Instagram, Evan revelou que passou por uma “lavagem cerebral” e foi “manipulada para ser submissa”. Além disso, definiu Marilyn como um homem perigoso e declarou estar ao lado “das várias vítimas que não se silenciarão mais”.

Ela ainda compartilhou textos de outras mulheres como uma fotógrafa que trabalhou com Manson e relatou que ele aplica até mesmo “táticas de tortura” para controlar as pessoas.

Ele negou todas as acusações e citou que seus relacionamentos íntimos sempre foram “inteiramente consensuais”.

Após a denúncia, a gravadora Loma Vista se manifestou e anunciou o encerramento do contrato com o artista para a promoção do seu disco atual e que também não pretende realizar projetos futuros com ele, e você pode ler o comunicado aqui.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Rose McGowan (@rosemcgowan)

   
 
Compartilhar