Pamela Anderson em 2017
Foto de Pamela Anderson via Shutterstock
 

E a novela com a família de Tommy Lee continua.

O baterista e um dos fundadores do Mötley Crüe se envolveu em uma briga com seu filho Brandon há alguns dias, e acabou ficando inconsciente após levar um soco na cara.

De um lado, ele diz que Brandon o atacou após invadir o quarto onde o músico estava com sua noiva. Já o filho de Lee com Pamela Anderson alega que Tommy é alcoólatra e se recusa a procurar tratamento.

O garoto já deu uma declaração recente que foi respondida por Tommy Lee, que alegou que bebe ocasionalmente porque vive sua aposentadoria e nunca esteve tão feliz em toda vida.

Agora foi Pamela Anderson quem se manifestou e em uma longa declaração para a TMZ, disse que seu ex-marido é um “desastre”:

Eu não fiz nenhum comentário para ninguém antes disso. Cuidado com os veículos de fofoca. Essa é uma questão de vida e morte. Eu estou surrealmente calma – sinto que a justiça está sendo feita.

Eu não estou agitada ou ‘como reportado’ – devastada. Estou esperançosa. Isso não é novidade para nós – estou na França por enquanto. Tenho fé completa em Brandon e seu time para resolver essa triste situação sobre seu pai. Eu rezo para que Tommy tenha a ajuda que precisa. Suas ações são desesperadas e humilhantes – ele é um desastre descontrolado. E ele não está agindo como pai. Mas isso não é novidade.

Meus filhos fizeram todas as tentativas para ajudá-lo nos últimos meses – ficando com ele para garantir que ele está bem. Apenas estando presente ao seu lado eles esperavam que ele se sentiria amado e agiria de forma diferente. Eu tinha medo de que as coisas fossem piorar mas sabia que isso poderia ser o que curaria feridas antigas.

Ele culpando o filho por qualquer coisa é algo delirante. Todos nós tentamos protegê-lo e ajudá-lo durante muito tempo. Esperando que ele cuidaria dele mesmo de forma melhor. Eu não gosto de falar disso. Mas sinto que é necessário por causa do ‘estilo Trump’ de Tommy, sem pensar e de sair fazendo escândalo no Twitter e no Instagram.

Essa questão é idealmente discutida entre pai e filho – e uma clínica de reabilitação se tudo der certo. Eu nunca mais irei falar com Tommy se ele não ficar sóbrio e com a cabeça no lugar. Ele já fez várias tentativas de entrar em contato comigo. Eu o bloqueei.

É impossível conversar com a loucura. Eu tenho certeza de que o mundo pode ver a verdade. Eu fico ao lado do meu filho que agiu para se defender e teve medo de perder a vida. Ninguém entende o que é ter uma vida inteira de decepções como esse homem levou à sua família. Consistentemente o centro da tristeza, drama e confusão. Com ciúmes do talento e beleza do seu filho desde o dia que ele nasceu.

Ele é doente. A definição de narcisista e sociopata. Sua noiva o mantém bêbado – é isso que ele quer – alguém para se comportar mal. É terrível. E infelizmente ele transformou essa questão particular em algo público. Eu sempre tentei deixar as coisas claras. Tentei o mostrar não como o cara ruim. Apenas um ser humano que cometeu erros. Ele ainda não consegue lidar com a culpa de seu comportamento abusivo e nunca assumiu as responsabilidades do que fez.

Vamos esperar que essa seja a sua salvação. Eu só posso rezar por ele. E proteger os meus filhos que irão sempre me proteger. Brandon pediu para que eu fique na França e não volte para casa agora. Ele está feliz com o fato de que estou segura e sou amada onde estou. Ele é meu apoio e tem tudo sob controle. Seu coração me surpreende. Ele ainda não quer ver o seu pai na cadeia. Ele apenas quer que ele fique sóbrio. Ele estava organizando uma intervenção (junto com amigos e pessoas com quem Tommy trabalha e admira). Dessa forma o tempo que lhe resta de vida pode ser seguro, em paz e talvez ele será uma parte saudável da vida de todos um dia. Talvez uma parte positiva das vidas de nossos futuros netos.

Brandon arriscou tudo para salvar seu pai. Ele leva sua carreira muito a sério. Ele não toca em álcool ou drogas – (ele entende sua genética) e é um exemplo para todo mundo. Ele tem um talento imenso que irá mostrar ao mundo – mas colocou tudo em modo de espera para lidar com isso. Sua família – seu irmão e a nossa família – é a sua prioridade.

Acredite em mim. Ele deu um saco no nariz [de Tommy] por todos nós que fomos machucados por ele. Agora Tommy se sente humilhado – e está tentando destruir seu próprio filho.

Isso é o Diabo – Essa é a doença do alcoolismo.

Em outra longa declaração, Tommy Lee também falou a respeito de tudo com a TMZ e deu o seu lado da história:

Essa situação toda se tornou deprimente e fora de controle. Meu coração foi partido quando meu filho me deu um soco. Eu deveria ter publicado nas redes sociais? Provavelmente não. Mas eu não pude acreditar que ele não estava pedindo desculpas ou respondendo as minhas mensagens, e não se importava que tinha me deixado inconsciente e filmado meu corpo inconsciente dando risada. Isso não é mais o que eu quero. Eu amo os meus filhos. Eu dei tudo que poderia para eles. As pessoas me julgam pelo meu passado, mas eu não tenho brigas ou problemas há mais de 20 anos. O lance que começou tudo isso foi a Pamela dando várias entrevistas falando sobre o passado, assim que eu pedi a minha namorada em noivado, com quem eu tenho uma bela relação. O fato de que a Pamela ignorou os meus pedidos para que ela parasse, me deixaram fora de controle. Eu mandei mensagens várias vezes pedindo para que ela parasse de dar essas entrevistas, que isso estava me machucando e machucando os meus garotos, e ela me ignorava. Quando eu comecei a namorar a minha noiva, ele me mandava mensagens de antigos casais e coisas do tipo dizendo ‘seremos assim um dia.’ Eu acho que o meu silêncio mexeu com ela. Ela achou que me teria para sempre como uma espécie de plano B. Eu bebo? Sim. Eu bebo mais do que as pessoas comuns? Sim. Eu já machuquei os meus filhos ou me comportei mal com eles por causa da bebida? Não. A minha noiva mal bebe.

Nós não usamos drogas pesadas. Eu não uso há muitos anos. Não importa o quanto as pessoas querem me mostrar ao mundo como esse alcoólatra abusivo, não sou mais assim. Eu sou um cara feliz e cheio de amor. Eu brinco toda hora e as pessoas infelizmente levam isso para o lado errado.

Tudo que eu queria do meu filho era um pedido de desculpas. E o meu coração está tão despedaçado por ele mentir sobre toda essa situação. Ele entrou no meu quarto bravo por causa da minha resposta em relação às entrevistas de Pamela sobre o nosso relacionamento, com seus punhos em riste, falando para que eu levantasse e lutasse com ele. Quando eu fiquei de pé ele me empurrou contra a parede. Eu não queria bater no meu filho. Eu nunca fiz isso e nunca irei fazer. Se eu quisesse acertá-lo eu teria lhe derrubado de bunda no chão. Ele não teve nenhum problema para me derrubar. Eu pedi para que ele saísse e ele virou e me deu um soco na cara. Me deixou inconsciente. Ouça a ligação para a polícia que já caiu na Internet.

Eu tenho um passado abusivo que as pessoas sempre fazem questão de lembrar. Mas eu mudei. Eu não machuco mais as pessoas. Eu aprendi, eu paguei minhas dívidas; eu olhei profundamente para dentro de mim mesmo. É difícil crescer e deixar as coisas para trás quando as pessoas estão constantemente remoendo o passado. Tudo que eu queria era um pedido de desculpas, algo para mostrar que ele se sentiu mal, mas ele não se sentiu.

Os garotos foram envenenados contra mim, infelizmente. Porque eu estava em turnê trabalhando; ganhando dinheiro para pagar por suas escolas particulares e seus carros, seus futuros, para que eles passassem mais tempo com a mãe deles. Ela virou a heroína. E eu entendi isso. Sempre amei meus filhos, mas não irei deixar que eles abusem de mim. Não irei deixar que eles estejam na minha casa e me desrespeitem como fizeram. Eu acho que eles apenas precisam de um tempo para aprender a se virarem por conta própria. Eles ganharam tudo que queriam a vida inteira e nunca tiveram que trabalhar por nada. Eu quero que eles tenham empregos, empregos consistentes, e não as inconsistentes carreiras de modelo e ator aqui e ali que não paga o suficiente para que eles sobrevivam.

Eu quero que eles aprendam o necessário para cuidar de si mesmo. Meu suposto ‘alcoolismo’ não tem nada a ver com isso. Eu tenho feito terapia e estou trabalhando na minha vida, minha noiva é quem me colocou na terapia! Os garotos nunca vieram conversar comigo para dizer que achavam que havia um problema. Entretanto a minha noiva tem ajudado desde o primeiro dia em que ficamos juntos. Eu amo os meus garotos, irei sempre amar os meus garotos, eu só quero que eles aprendam que você não pode machucar uma pessoa sem repercussão.

Durante essa história toda, Tommy Lee chegou a dizer que não apareceria mais nas redes sociais, mas tem publicado mensagens no Twitter.