blink-182: 20 anos em 20 momentos!
 

Angels & Airwaves

Em setembro de 2005, Tom Delonge anunciou a formação do seu novo grupo, o Angels & Airwaves, e prometeu fazer “a maior revolução do rock ‘n’ roll”. Em sua primeira entrevista desde o anúncio do hiato, Tom se mostrou hiperbólico em relação ao AVA (abreviação do nome da banda), falando sobre o filme que pretendia lançar e dizendo que em dois anos ela seria a maior banda do mundo.

A formação inicial era composta por Tom no vocal e guitarra, David Kennedy (Hazen Street, Boxcar Racer) na guitarra, Ryan Sinn (The Distillers) no baixo e teclado e Atom Willard (The Offspring, Social Distortion) na bateria. Os integrantes Ryan e Atom saíram do grupo em 2007 e 2011, respectivamente, e deram lugar aos atuais Matt Wachter (30 Seconds to Mars) no baixo e IIan Rubin (Fenix TX, Denver Harbor, Lostprophets, Nine Inch Nails) na bateria.

Em 23 de maio de 2006, o primeiro álbum da banda, We Don’t Need To Whisper, foi lançado. Ele estreou em quarto lugar na lista da Billboard, com vendas que ultrapassaram 127.000 cópias na primeira semana.

O segundo álbum da banda, intitulado I–Empire, foi lançado em 6 de novembro de 2007, estreando em nono lugar na lista da Billboard com mais de 66.500 cópias vendidas, obtendo uma boa aceitação por parte da imprensa e recebendo boas críticas. Segundo Tom, a revolução musical que ele pretendia começar com a banda estava acontecendo.

Após uma pausa em seus shows durante o ano de 2009 – período em que DeLonge esteve trabalhando com o blink-182 após o fim do hiato – a banda voltou a trabalhar em seu terceiro álbum de estúdio, Love. O álbum foi disponibilizado gratuitamente para download no dia 14 de fevereiro de 2010. Durante as primeiras 48h de seu lançamento, Love foi baixado cerca de 500.000 vezes. O primeiro single do disco, “Hallucinations”, com mixagem de Mark Hoppus, havia sido lançado em dezembro de 2009.

O último álbum da banda, Love: Part Two, foi lançado no dia 1º de novembro de 2011.