Black Pumas, Matt Pryor e Potyguara Bardo
Ouça nova versão do disco ao vivo do Pink Floyd!  

Estamos chegando perto da data do evento e, com isso, hoje finalizamos nossos especiais mostrando a todos vocês as bandas e artistas do Vans Apresenta: Festival Tenho Mais Discos Que Amigos! e Powerline.

Já apresentamos uma lista com 10 nomes, depois outra com 9 e agora chegamos à terceira vez com mais 10, celebrando os 29 postos do line-up que montamos com tanto amor e carinho.

As performances serão transmitidas no Sábado, dia 24 de Outubro, a partir das 15 horas, e você já pode ativar o lembrete para ser notificado do início no YouTube clicando aqui.

LEIA TAMBÉM: Você já pode doar para as instituições que serão apoiadas no Festival TMDQA! + Powerline

Line-Up do Festival

Logo abaixo você pode conhecer ou relembrar mais 10 nomes do cartaz.

Divirta-se!

 

Titãs

Titãs
Foto: Silmara Ciuffa

Obviamente é muito provável que você já conheça o Titãs.

A banda é uma das mais importantes na história de todo país e, na opinião deste que aqui escreve, a mais interessante em todos os tempos.

O que você talvez não conheça é o formato recente com o qual o grupo vem se apresentando, em trio, que acabou gerando uma série de EPs com o nome Titãs Acústico Trio.

Nesses três lançamentos, há versões de clássicos como “Pra Dizer Adeus”, “Comida”, “Epitáfio”, “Flores”, “É Preciso Saber Viver”, “Televisão”, “Polícia” e muito mais.

É com um desses verdadeiros hinos que o grupo irá encerrar as atividades do Festival TMDQA! + Powerline no Sábado.

 

Black Pumas

Black Pumas
Foto: Lyza Renee

A dupla de Blues, Rock e Soul Black Pumas foi fundada em 2017 na criativa cidade de Austin, Texas, e nesse pouquíssimo tempo já conquistou milhares de fãs mundo afora.

Não é a toa: o primeiro disco dos caras, homônimo, mostra riffs incríveis, composições inteligentes, uma voz única e nos transporta direto para alguns dos melhores períodos da história do Rock And Roll.

A performance no Festival TMDQA! + Powerline é exclusiva e será apenas um gostinho para o show que a banda fará no Brasil em 2021, está marcado para o começo do ano e inclusive tem ingressos à venda.

 

Tuyo

Tuyo
Foto: Divulgação

Também um trio, a banda paranaense Tuyo é um dos nomes mais interessantes da atualidade e tem lançado grandes EPs e discos em sua curta carreira.

Misturando elementos eletrônicos e orgânicos a vozes das mais belas, o grupo fala sobre dor, resiliência, relacionamentos e muito mais em uma sonoridade pra lá de moderna.

 

Potyguara Bardo

Potyguara Bardo
Crédito: Diego Marcel

Direto de Natal, Potyguara Bardo é uma drag queen irreverente que mistura sofrência e comédia em um balanço perfeito para te fazer sorrir, chorar, dançar, extravasar e mais.

Em uma ascensão bastante rápida, conquistou o país com o disco Simulacre, de 2018, e é conhecida por performances com muita entrega.

 

Sebastianismos feat. Malfeitona

Sebastianismos vai do reggaeton ao punk rock novo disco; ouça
Foto: Divulgação

Sebastianismos é o nome do novo projeto de Sebástian Piracés-Ugarte, baterista da banda Francisco, el Hombre.

Aqui ele mistura ritmos latinos e brasileiros a muita sinceridade, diversão e boas doses de sensualidade.

No Vans Apresenta: Festival Tenho Mais Discos Que Amigos! e Powerline, irá se apresentar ao lado de sua companheira, Malfeitona, com versões exclusivas.

 

The Get Up Kids

Matt Pryor, do The Get Up Kids

Em 1999 a banda norte-americana The Get Up Kids lançou o disco Something To Write Home About e tornou-se um dos principais nomes do rock alternativo na época.

Intimamente ligado ao movimento Emo, o grupo tem outro dos mais influentes lançamentos da história do gênero com Four Minute Mile (1997) e experimentou novos caminhos, principalmente no indie, com On A Wire (2002) e o excelente Guilt Show (2004).

No Festival, o vocalista e guitarrista Matt Pryor apresentará versões exclusivas de clássicos de Something To Write Home About e On A Wire, além de uma canção do mais recente álbum da banda, Problems (2019).

 

Black Pantera

Black Pantera toca tema de Pantera Negra

Direto de Minas Gerais receberemos o incrível trio Black Pantera, que faz uma mistura única de Punk Rock, Hardcore e Heavy Metal.

Com ótimos lançamentos na carreira, a banda fez bonito lá fora antes de se tornar conhecida por aqui, tocando em mega festivais como Afropunk e Download.

 

Labaq

LaBaq - Abrandô

Labaq é uma artista brasileira talentosíssima que hoje está vivendo em Portugal, onde alça novos voos.

Misturando instrumentos musicais a elementos eletrônicos, cria uma bela base que transita entre o indie e o pop para servir como uma cama aos seus impressionantes vocais que cativam qualquer um que a conhece pela primeira vez.

View this post on Instagram

E foi dada a largada!!! A transmissão do Festival Tenho Mais Discos Que Amigos! e Powerline, apresentado pela Vans, acontece no dia 24/10, próximo Sábado, a partir das 15 horas em nosso canal oficial do YouTube. Antes disso, porém, teremos performances exclusivas no IGTV por artistas que fazem parte do line-up, e hoje a gente começa com o pé direito e essa apresentação INCRÍVEL da queridíssima Labaq. No vídeo, ela toca o single "Abrandô", e no Sábado ela aparece com mais músicas pra mostrar todo seu talento. Aperte o play e comece o aquecimento pro Festival! @labaq_ @agenciapowerline @vansbrasil #TMDQA #TMDQAEmCasa #Música #MúsicaNacional #AfagoPop #Labaq #FestivalTMDQAPowerline #Indie

A post shared by Tenho Mais Discos Que Amigos! (@tmdqa) on

 

Radical Karma

Radical Karma
Radical Karma. Foto: Divulgação

A banda que irá abrir o Festival no Sábado com a primeira apresentação do dia se chama Radical Karma e é um verdadeiro supergrupo do underground brasileiro.

Estão na formação integrantes de bandas como Noção de Nada, Zander e Dance Of Days, e aqui o Hardcore se une a outros elementos do Rock And Roll em um resultado poderoso.

 

Black Days

Foto: Stephanie Hahne

Outro representante do Hardcore no evento, o Black Days tem uma curta carreira mas já tocou em palcos importantes do meio alternativo principalmente por conta da sua entrega e energia nos shows.

As apresentações dos caras são repletas de energia e no Festival não será diferente!