Beastie Boys

Paul’s Boutique (1989)

Beastie Boys - Paul's Boutique

Para qualquer banda já é difícil lançar um segundo disco de estúdio. Quando o primeiro foi um mega sucesso e vendeu milhões de cópias, a pressão aumenta ainda mais.

Paul’s Boutique veio em 1989 e marcou a estreia da banda na Capitol Records, além de ser o primeiro disco produzido em conjunto pelos próprios Beasties, os Dust Brothers e o brasileiro Mario Caldato Jr.

O álbum não teve o mesmo sucesso comercial de seu antecessor de imediato, mas ao longo do tempo foi ganhando um status pra lá de cult e recebeu elogios de artistas respeitadíssimos como Miles Davis, que disse não conseguir parar de ouvir o álbum. Além disso, Chuck D, ícone do Public Enemy, disse que o álbum tinha “as melhores batidas”.

Figurando em diversas listas de melhores discos de todos os tempos em veículos respeitados como a revista Rolling Stone e o canal VH1, o álbum é considerado hoje um marco na história do hip hop, por suas batidas, experimentações, letras sarcásticas e mistura de ritmos.

 

Check Your Head (1992)

Beastie Boys - Check Your Head

Logo na capa de Check Your Head já dava pra perceber que o Beastie Boys estava com saudades dos seus instrumentos, e foi no disco, lançado em 1992, que o trio voltou a gravar grandes faixas de rock’n’roll, como “Gratitude”, que conta com um videoclipe em homenagem ao Pink Floyd e um baixo marcante de MCA, recheado de distorção que transformou essa banda em um símbolo para roqueiros e rappers.

Para o público em geral, o álbum soava como o mais diferente da banda, mas para quem já conhecia sua carreira, Check Your Head marcou uma volta às raízes do punk, tanto que para sua divulgação, a banda excursionou com bandas como Rollins Band e Cypress Hill.

Mario Caldato Jr. ficou a cargo de toda a produção do disco.