Josh Greenberg ficou conhecido como um dos fundadores do Grooveshark, serviço de música que oferecia milhares de canções para streaming de forma gratuita.

Há pouco tempo, a empresa foi forçada a encerrar as atividades por pressão das grandes gravadoras, já que não havia negociado nenhum contrato de royalties com elas, e agora uma outra notícia triste chega a respeito da ferramenta.

Josh, com apenas 28 anos de idade, foi encontrado morto em sua casa na Flórida, pela namorada, e segundo a Polícia local não há sinais de suicídio, homicídio ou abuso de drogas.

A namorada do cara o viu pela última vez no Sábado, antes de viajar para Orlando, conversou com ele de madrugada no Domingo, e o encontrou morto pouco tempo mais tarde.

A mãe de Josh, Lori Greenberg, disse que seu filho não tinha problemas de saúde, que ele também não demonstrava nenhum tipo de grande frustração após o fim do Grooveshark e estava empolgado com novas atividades nas quais se preparava para trabalhar.

Uma autópsia foi conduzida na manhã dessa Segunda-feira e mais informações a respeito da causa da morte devem ser divulgadas em breve.

Que descanse em paz.

     
 
Compartilhar