Dois dias após a morte do baterista D.H. Peligro, o lendário ex-vocalista e integrante original do Dead Kennedys, Jello Biafra, prestou uma bela homenagem ao ex-colega de banda.

Peligro esteve no grupo Punk californiano entre 1981 e 86, período em que gravou três discos: Plastic Surgery Disasters (1982), Frankenchrist (1985) e Bedtime for Democracy (1986).

No último sábado (29), ele faleceu aos 63 anos após sofrer traumatismos graves na cabeça por conta de uma queda em sua casa, em Los Angeles. Biafra se disse surpreso com a tragédia (veja o post do cantor no fim desta matéria) e escreveu:

Sinto como se eu tivesse sido atropelado por um trem. Apesar de tudo que ele fez com sua mente e corpo, nunca pensei que o perderíamos primeiro. Ele não era apenas nosso poderoso e inesquecível baterista. Ele era um talentoso cantor, compositor, guitarrista e muito mais. Mesmo atrás da bateria, ele tinha presença e instinto animal. Ele nunca tocou nada exatamente do mesmo jeito duas vezes. Ele era um ‘showman’ nato.

Jello Biafra contou como D.H. Peligro entrou para o Dead Kennedys

O cantor também revelou uma história curiosa e altamente pessoal sobre como o baterista entrou para o Dead Kennedys. Biafra, aliás, aproveitou a oportunidade e comentou a importância de Peligro como um homem negro no Punk:

Em 1979, eu ouvi falar sobre uma banda inspirada no The Clash chamada SSI e fui assisti-los. Os caras eram ótimos, mas o baterista roubou o show. Um afro-americano de espírito livre (a cena Punk sempre foi branca demais) com um sorriso no rosto e uma bandana na cabeça. Aí essa banda desapareceu. Em 1981 nós precisávamos de um novo baterista, e o Ray [East Bay Ray, guitarrista] encontrou aquele cara. Desde a primeira música, ele foi firme. O instinto que ele tinha para bumbo e caixa fazia as músicas fluírem.

Que perda!

Peligro também foi homenageado por Flea

Em 1988, D.H. Peligro teve uma rápida passagem pelo Red Hot Chili Peppers, ajudando inclusive a compor três músicas que entraram no disco Mother’s Milk (1989).

O baixista Flea também publicou uma homenagem ao baterista, como você pode ler aqui. Veja abaixo o post de Jello Biafra.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Jello Biafra (@jello_biafra_gsm)

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!