Machine Gun Kelly se une a WILLOW na faixa Pop Punk inédita
Reprodução / Instagram

Olhando para trás, conseguimos definir a cara de cada década a partir da evolução do Rock. Começando nos pioneiros do Blues nos anos 60, chegamos ao Progressivo na década de 70, o Hard Rock nos anos 80, o Grunge da geração de 90 e o Indie dos anos 2000.

A partir do século XXI ficou mais difícil entender a influência dos subgêneros do Rock na cultura em geral. O espírito transgressor do estilo foi adotado por outras vertentes como o Rap, e o discurso passou a ser de que “o Rock morreu”.

Acontece que, neste pós-pandemia, as pautas progressivas parecem ter chegado ao gênero, com alguns festivais adotando line-ups igualitários entre artistas homens e mulheres, mais bandas com integrantes negros e LGBT+, mais parcerias e misturas de estilos, por exemplo.

O resultado: chegamos a 13 de julho de 2023, Dia Mundial do Rock, e o gênero que tanto amamos está em alta no Spotify sendo o terceiro mais ouvido do ano, além de servir como trilha para milhares de trends no TikTok.

Continua após o vídeo

Por que o Rock voltou a ser popular?

Em comum entre essas duas estatísticas está o fato de que os jovens são os principais consumidores do estilo atualmente. Parte disso se deve a artistas que incorporaram as guitarras após ficarem famosos por outros estilos, como os rappers Lil Uzi Vert e Machine Gun Kelly, e as cantoras pop Demi Lovato e WILLOW.

Outras bandas que já surgiram no Metal, como Bad Omens, Sleep Token e Ghost, conquistaram o público adolescente com uma competente mistura de gêneros como R&B, Pop e Jazz, mostrando que não adianta (e nem tem graça) se fechar em apenas uma caixinha.

Grupos de gerações passadas como Deftones e Smashing Pumpkins também estão em alta entre os jovens justamente por terem trazido novos ares à cena alternativa lá nos anos 90, fazendo com que aquelas músicas fossem resgatadas hoje em trends do TikTok. Aliás, o próprio Billy Corgan falou com o TMDQA! sobre essa ascensão e explicou por que acha que ela vem acontecendo.

Além disso, até mesmo a natureza cíclica do nosso mundinho e da nossa sociedade explicam esse retorno do estilo, e hoje em dia é considerado “cool” ouvir bandas que são chamadas de “dad rock”, ou “Rock de pai” – como The Killers, My Chemical Romance e Arctic Monkeys.

LEIA TAMBÉM: 5 novas bandas de Rock Nacional que você precisa ouvir agora mesmo

Continua após o vídeo

Retorno de bandas clássicas

Ainda neste ano, também tivemos boas novidades de bandas clássicas como Metallica, Foo Fighters, Iggy Pop, Yes e Queens Of The Stone Age, o que prova que os maiores músicos do gênero no mundo também estão empolgados com as possibilidades dos novos anos 20.

Fato é que basta uma rápida busca por “Rock” na caixa de pesquisas aqui do TMDQA!, ou mesmo navegar pelos links citados nesta matéria especial, para ver que o estilo não está respirando por aparelhos, e sim sentindo o frescor dos novos tempos. E que continue assim!

Continua após o vídeo

Playlist com boas novidades de Rock

Você também pode conferir abaixo a playlist TMDQA! Alternativo, em que destacamos o melhor de hoje e de sempre desta cena com atualizações semanais.

O Podcast TMDQA! também terá um episódio especial nesta sexta-feira, dia 14, entrevistando a banda brasileira The Mönic.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!