Baterista diz que System of a Down deveria ter substituído Serj Tankian: "faz tempo que não quer estar na banda"

Em nova polêmica, John Dolmayan disse que System of a Down deveria ter contratado outro vocalista e que Serj Tankian não quer estar na banda.

John Dolmayan e Serj Tankian, do System of a Down

Os fãs de System of a Down não têm sossego. Depois do vocalista Serj Tankian anunciar um “projeto secreto” da banda em 2023, o baterista John Dolmayan acabou com todas as esperanças de um entendimento entre o grupo.

Em entrevista ao youtuber Kyle Meredith (via Loudwire), Dolmayan culpou Tankian pela falta de álbuns novos do SOAD nos últimos 17 anos, dizendo que o cantor “não quer estar na banda faz tempo”.

Com palavras fortes, o baterista afirmou que a banda deveria ter seguido com um novo vocalista a partir de 2006, e que “perdeu” seus últimos 15 anos de vida:

Faz tempo que o Serj não quer realmente estar na banda. E francamente, devíamos ter nos separado em 2006. Se Serj não queria estar com a gente ali, poderíamos ter recrutado outro vocalista para um álbum ou dois, e depois trazê-lo de volta, se ele quisesse voltar. Isso provavelmente seria o melhor. Mas é isso que acontece quando você é leal e realmente se preocupa com a saúde da banda. Eu acho que nós perdemos 15, talvez 20 anos de nossas vidas esperando. É de partir o coração que a gente tenha um show marcado para 2023. Apenas um.

Que climão! Em tempo, o show a que Dolmayan se referiu será no dia 13 de maio no festival Sick New World, em Las Vegas.

John Dolmayan explica conflitos em estúdio

Em julho, John Dolmayan já havia dito que considera “um insulto” o fato do System of a Down não compor novas canções. Agora, o baterista tentou explicar os motivos pelos quais a banda não consegue produzir quando se reúne em estúdio:

Nós tentamos nos juntar várias vezes para fazer um álbum, mas havia certas regras que tornavam difíceis manter a integridade do que o System of a Down representa. Parte disso é culpa do Serj, parte é minha culpa, parte do Shavo [Odadjian] e do Daron [Malakian] também. Mas no fim das contas, se um membro da banda pensa diferente da maioria, é difícil fazer música juntos, porque aquela pessoa é importante para o processo.

Política é ponto de discordância no System of a Down

Vale lembrar que as discordâncias políticas entre os integrantes do System of a Down são públicas.

John Dolmayan já deu declarações negacionistas sobre a pandemia de COVID-19, e Daron Malakian exaltou uma “cover” feita com armas de fogo, tendo já se mostrado favorável a um menor controle da compra e uso de armamentos. Enquanto isso, Serj tem uma visão bastante diferente, sempre estando mais alinhado com pautas ligadas à esquerda.

Os últimos álbuns da banda são Mezmerize e Hypnotize, ambos de 2005. Depois disso, o grupo realiza shows cada vez mais esparsos. Em 2020, eles lançaram duas músicas inéditas de surpresa para arrecadar fundos para a Armênia.