Sinead O Connor em show, 2013
Foto de Sinéad O'Connor via Shutterstock
 

Há alguns dias nós falamos por aqui sobre como a icônica cantora Sinéad O’Connor está passando por uma fase difícil de sua vida.

Isso porque seu filho, Shane, foi encontrado morto aos 17 anos de idade após um período em que foi declarado como desaparecido.

De acordo com publicações internacionais como CNN e Consequence, a artista irlandesa de 55 anos chegou a publicar através de contas não-oficiais mensagens preocupantes sobre seu estado de saúde mental, dizendo:

Eu decidi seguir o meu filho. Não há motivos para viver sem ele. Eu estrago tudo que toco. Eu só fiquei por ele. E agora ele se foi.

Sinéad teria se culpado pela morte do filho, mas se comunicou com fãs e seguidores para dizer que estava procurando ajuda médica após essas mensagens.

Sinéad O’Connor

A cantora confortou seus seguidores e disse que estava procurando soluções para as questões pessoais:

Peço desculpas. Eu não deveria ter dito isso. Estou com policiais agora, a caminho do hospital. Peço desculpas por ter deixado todo mundo preocupado. Estou perdida sem o meu filho e me odeio. O hospital irá ajudar por um tempo.

Mas irei encontrar Shane. Esse é só um adiamento.

A cantora, que em 2013 havia perdido um processo judicial para ter a guarda de Shane, chegou a dizer que ele estava em um programa especial de “suicide watch”, ou monitoramento para que não cometesse suicídio. Pouco depois, afirmou que o filho havia “encerrado sua luta na Terra”.

Desejamos clareza e recuperação para Sinéad O’Connor, artista que prestou tantos serviços importantes à música mundial.

 
Compartilhar