Ozzy Osbourne e Randy Rhoads
Foto: Instagram / Ozzy Osbourne
 

1982 foi um ano trágico para Ozzy Osbourne. Afinal de contas, o lendário guitarrista Randy Rhoads — que além de tocar em sua banda era um de seus melhores amigos — faleceu em um acidente horrível, deixando o músico bastante abalado.

Até hoje, Ozzy se emociona quando fala de Randy. Mas, na época, ele conseguiu enfrentar a situação com muita força, e apenas dias depois do falecimento do guitarrista, participou do programa de David Letterman e cumpriu um compromisso marcado há algum tempo.

Por lá, os dois trocaram ideia sobre outros assuntos até que Osbourne teve um espaço para falar da tragédia e aproveitou para exaltar o Rock and Roll:

Tudo que posso dizer é que, na última semana, eu perdi duas das melhores pessoas da minha vida. Mas isso não vai me parar porque eu sou do Rock and Roll, e o Rock and Roll é para as pessoas, e eu amo as pessoas, e é isso que importa pra mim.

Logo em seguida, Letterman questionou se os shows estariam suspensos no futuro próximo e Ozzy deixou bem claro que, apesar disso ser verdade, era apenas uma decisão temporária:

[Tudo] está momentaneamente suspenso, mas eu vou continuar porque o Randy iria querer que eu continuasse. Então é o certo. E eu não vou parar porque você não pode matar o Rock and Roll!

Vale lembrar que o acidente também deixou outra vítima — a costureira de Ozzy, Rachel Youngblood. Nos últimos dias, aliás, Rhoads finalmente foi reconhecido pelo Hall da Fama do Rock e será induzido como parte da classe de 2021, uma notícia que emocionou diversos grandes nomes do gênero.

Você pode ver a entrevista completa de Ozzy, com legendas em português, logo abaixo.

Ozzy Osbourne com David Letterman em 1982

 
Compartilhar