Protestos ao som de Metallica na Turquia
Reprodução/YouTube
 

A situação na Turquia comandada por Recep Tayyip Erdogan não está fácil, e recentemente alguns alunos da universidade Boğaziçi usaram o Metallica como ferramenta de protesto.

Os estudantes se manifestaram contra a nomeação de Melih Bulu para reitor da faculdade, algo que se deu por meio de um decreto presidencial e portanto vem com ligação íntima ao Estado — é a primeira vez que o reitor não é eleito pelos próprios alunos desde 1980, quando houve um golpe militar no país.

A escola, que fica situada em Istambul, viu diversos de seus membros marchando ao som de “Master of Puppets” e “Sad But True” e carregando cartazes que faziam referências à banda de Metal, como o da foto de capa dessa matéria.

Bulu se pronunciou em uma entrevista e garantiu que não irá renunciar ao cargo (via Blabbermouth):

Eu sou um reitor que ouve Hard Rock, que ouve Metallica. Os estudantes da Boğaziçi podem protestar onde e da forma que quiserem.

O ato é visto como anti-democrático pelos estudantes e por diversos especialistas. Ao final da matéria, você pode ver os vídeos do protesto e da entrevista de Bulu.

Heavy Metal contra a Turquia de Erdogan

Vale lembrar que esses alunos não são os únicos que estão usando o Heavy Metal como forma de se opor ao comando de Erdogan na Turquia.

O aclamado retorno do System of a Down com duas músicas inéditas aconteceu para mostrar apoio à Armênia, que vem lutando contra uma aliança entre Turquia e Azerbaijão por controle territorial. A banda chegou até a receber ameaças de morte por isso.

   
Compartilhar