Dee Snider e Lemmy Kilmister
Reprodução/Twitter
 

Dee Snider usou o Twitter para conversar com alguns fãs e acabou relembrando o saudoso Lemmy Kilmister, que foi seu amigo de longa data.

Em sua conta, o vocalista do Twisted Sister compartilhou uma história de um dos primeiros shows que sua banda e o Motörhead fizeram juntos. E, bem, não que isso choque alguém, mas a história envolve o uso de drogas.

Como vários fãs devem saber, Snider não brincou com entorpecentes nem lá nos anos 80, e sempre se orgulha de dizer que é limpo. E aí isso aconteceu:

Então, depois de um dos nossos primeiros shows juntos, Lemmy me puxa para um canto e ‘corta’ duas carreiras de cocaína, uma para cada um. Eu digo, ‘Lemmy, obrigado, mas eu não fico chapado’. Ele olhou para mim por um segundo e disse, ‘Mais pra mim!’, e cheirou as duas carreiras sozinho. E assim foi por décadas. :)

Em outro tweet, Dee ainda celebrou a amizade com Kilmister, que nos deixou em 2015. Segundo ele, o líder do Motörhead apoiou sua banda mesmo nos piores momentos, e sempre “esteve ali” por eles.

Que baita amizade, hein?

LEIA TAMBÉM: O Motörhead lançou as melhores e mais bizarras máscaras de 2020