Joey Armstrong, filho de Bilie Joe Armstrong (Green Day)
Foto: Modern Drummer
 

Joey Armstrong, baterista da banda SWMRS e filho de Billie Joe Armstrong (Green Day), publicou uma resposta a respeito das acusações recentes de abuso que sofreu.

Como postamos ontem por aqui, sua ex-namorada Lydia Night (The Regrettes) escreveu um longo texto dizendo que teve um relacionamento com Joey iniciado quando ela tinha 16 anos de idade e ele, 22.

No seu desabafo, ela falou que foi “incrivelmente hipócrita” o fato de que o SWMRS postou um texto a respeito de abuso, então no dia seguinte resolveu falar sobre a sua experiência.

No Instagram, entre outras coisas, Lydia disse que ele sempre afirmava que o relacionamento sexual do casal iria “no ritmo dela”, mas falava isso para ter atitudes completamente diferentes depois, no que chamou de “coerção sexual”.

Resposta de Joey Armstrong

Em seu texto, publicado na conta oficial de Instagram do SWMRS, Joey disse:

Olá todos,

Eu quero falar a respeito do post da Lydia no Instagram sobre o nosso relacionamento. Apesar de não concordar com algumas das coisas que ela disse sobre mim, é importante que seja permitido a ela dizê-las e que ela seja apoiada por falar ao público. Eu a respeito imensamente e aceito completamente o fato de que eu falhei com ela como parceiro. Eu fui egoísta e não a tratei da forma que ela merece ser tratada tanto durante o nosso relacionamento quanto nos dois anos desde que terminamos. Eu pedi desculpas para ela de forma privada e eu espero que ela me perdoe, se e quando ela estiver pronta para fazê-lo. Eu assumo os meus erros e irei trabalhar arduamente para recuperar a confiança que perdi.

Joey.

Nos comentários, há muita gente falando sobre como Joey não abordou a questão de que tinha 22 anos e ela 16 quando o relacionamento começou, e outras pessoas alegam que a banda está “filtrando” comentários.

Continua após o post

Burger Records

Vale lembrar que a acusação contra Joey vem no meio de várias outras ligadas a artistas, empresários e responsáveis pela gravadora Burger Records.

Como falamos por aqui, o selo até mudou de nome, de liderança e anunciou uma série de medidas para combater comportamentos tóxicos em seu ambiente.

LEIA TAMBÉM: Hayley Williams escreve texto poderoso sobre cultura do abuso na música