Will Smith
Foto via Wikimedia Commons
   

Uma parceria incrível está sendo planejada para os cinemas: Antoine Fuqua irá dirigir Will Smith em um filme que trata de uma das histórias mais importantes e tristes que envolvem a escravidão nos EUA.

A trama gira em torno de Peter, um escravo que fugiu da plantação onde servia ao casal John Bridget Lyons, rumo ao Norte do país. Eventualmente, fotos que exibiam as cicatrizes de suas chicotadas foram publicadas nos jornais e a notícia correu até países europeus, que passaram a se recusar a negociar com o Sul dos EUA.

Na obra, a pegada será de um thriller que contará as situações extremas vividas pelo fugitivo como por exemplo a necessidade de usar cebolas para disfarçar seu cheiro de cães de caça e tantos outros perigos que enfrentou nessa jornada.

Will Smith em Emancipação

Com o título de Emancipation (“Emancipação”), o longa deve começar a ser filmado no começo de 2021, caso o Coronavírus permita. Em entrevista à Deadline, Fuqua falou de forma emotiva sobre a importância do projeto em meio aos acontecimentos recentes relacionados ao racismo:

[A foto] Foi a primeira imagem viral da brutalidade da escravidão que o mundo viu. O que é interessante, quando você coloca em uma perspectiva com hoje em dia e as redes sociais e o que o mundo está vendo, de novo. Você não pode arrumar o passado, mas você pode lembrar as pessoas a respeito do passado e eu acho que nós temos que fazer isso de uma forma precisa, real. Nós todos temos que procurar um futuro mais claro para todos nós, para todas as pessoas. Essa é uma das razões mais importantes para fazer as coisas agora, é mostrar a nossa história. Nós temos que encarar a nossa verdade antes de seguir em frente.

Com uma proposta dessas, certamente o filme será um dos mais importantes do próximo ano e talvez por um bom tempo. Fiquemos no aguardo!

 
 
Compartilhar