Čao Laru por Ana Moraes
Foto por Ana Moraes
 

2019 está chegando ao fim e a Čao Laru vem com um lançamento incrível para fechar o ano.

A banda franco-brasileira está lançando o single “Quero Falar”, que chega com um clipe bastante consciente e contendo uma importante mensagem. Composta por Nicolle Bello e Tata Rocha, a música resume uma indignação geral sobre o dano ambiental que o ser humano vem gerando, colocando em risco a vida da própria espécie e outros animais e vegetais.

A banda reforça que a composição foi feita antes dos crimes ambientais da Samarco/Vale e do derramamento de óleo no litoral brasileiro, e também antes das grandes queimadas na Amazônia e outros sítios ecológicos ocorridos este ano.

Nicolle falou um pouco sobre a reflexão que teve ao compor a canção.

Quando a gente vai jogar o lixo ‘fora’, devemos pensar, pois não existe o ‘fora’. A Terra vem sendo (mal)tratada pela humanidade com o abuso extremo da exploração de seus recursos de forma irresponsável e desrespeitosa. Dentro dessa ideia, a questão do lixo/resíduos/poluição é uma das pautas mais emergentes. É um apelo pra que pensemos sobre esses assuntos, tão urgentes.

O clipe, que você assiste abaixo, foi gravado em uma casa de Salvador (BA) repleta de lixo, “que simboliza o nosso planeta, o espaço em que habitamos” ressalta Júlia Dominguez, diretora artística do clipe que ainda contou com dois bailarinos, Ana Brandão e Thiago Cohen.

Ana Moraes, diretora do vídeo, falou um pouco sobre o conceito:

Eles utilizam máscaras que representam o sufoco que estamos vivendo, a maneira como estamos destruindo o meio ambiente e acabando com o oxigênio do mundo, sendo cada vez mais difícil de respirar. No desenrolar do clipe, os dançarinos vão se sufocando cada vez mais, simbolizando a situação atual do nosso planeta, que vai piorando a cada dia.

Confira!

Čao Laru – “Quero Falar”

   
Compartilhar