Foto: Divugação
   

Dando os primeiros passos definitivos de um movimento que mudaria para sempre a história da música brasileira, em 1968 Tom Zé participou do álbum Tropicalia ou Panis et Circencis, o histórico álbum-manifesto que buscava na antropofagia cultural proposta por Oswaldo de Andrade realizar uma vanguarda musical, estética e comportamental em um Brasil quadrado e reprimido por uma ditadura militar, ainda em seus primeiros anos.

No mesmo ano, o subestimado e provavelmente mais genial entre os artistas que compunham esse manifesto lança o seu primeiro álbum: Grande Liquidação.

O disco de estreia de Tom Zé ainda carrega influências musicais do tropicalismo, mas já consegue mostrar toda acidez e a originalidade inquestionável desse grande artista.

Além da canção “Parque Industrial”, que já estava presente no Tropicalia ou Panis et Circencis, Grande Liquidação apresenta clássicos como “São São Paulo” e “Sem Entrada e Sem Mais Nada”, além de outras ótimas canções como “Curso Intensivo de Boas Maneiras” e “Sabor da Burrice”, exemplos claros da criatividade e crítica social muito característica de Tom Zé.

Ambientado nas percepções do baiano em seus primeiros anos da capital paulista, o álbum comemora os seus 50 anos – e em grande estilo!

No dia 04 de abril, o artista se apresentará no Centro Cultural São Paulo para um show que marca o relançamento desse grande disco em um vinil de 180 gramas.

Lançado pela Polysom em parceria com a Rozenblit, o álbum faz parte da coleção “Clássicos em Vinil”.

Serviço

Show: Tom Zé comemora 50 anos de “Grande Liquidação”

Data: 4 de abril

Horário: 21h

Local: Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa

Endereço: Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, São Paulo – SP

Valor: R$25,00

Ingressos disponíveis na bilheteria do CCSP em seu horário de funcionamento (de terça a sábado, das 13h às 21h30, e domingos, das 13h às 20h30) e no site Ingresso Rápido