Por Amanda Drumont

Com o anúncio do line-up oficial da primeira edição do Primavera Sound São Paulo no último dia 27, algo em particular nos chama atenção: a cantora Gal Costa fará um show comemorativo de 51 anos daquele que é considerado um dos seus discos e shows mais importantes da carreira até então: Fatal – Gal a Todo Vapor.

Mas se engana quem acredita ser uma exceção à regra. Nos últimos meses é possível ver grandes nomes da MPB ocupando lugares de destaque nas programações de grandes e importantes festivais Brasil afora.

Outro grande festival que terá Gal Costa, além de Maria Bethânia como headliners, é o Coala Festival, que acontecerá nos dias 17 e 18 de setembro em São Paulo. A coisa não para por aí, e no último final de semana nós tivemos Gilberto Gil como uma das principais atrações do MITA Festival em São Paulo, e a dose se repetirá no MITA do Rio de Janeiro.

Clássicos da MPB nos Festivais

Em entrevista para o TMDQA!, Gabriel Andrade (sócio-fundador e curador do Coala Festival) comenta sobre a importância desse movimento e que ele não é tão novo assim:

A gente tem feito isso há bastante tempo; reverenciar os grandes nomes da música brasileira é algo que está no nosso DNA desde a primeira edição. Já passaram pelo Coala Tom Zé (2014), Caetano Veloso (2017), Gilberto Gil (2018 e 2020), Milton Nascimento (2018), Elza Soares (2018), Ney Matogrosso (2019), Elba Ramalho (2019), Novos Baianos (2020), Marina Lima (2021) e esse ano estamos seguindo o curso natural da curadoria com Gal Costa e Maria Bethânia.

Se por um lado a nova geração da música brasileira segue frutífera e engenhosa nos anos atuais, é impossível fechar os olhos para o movimento que as curadorias de festivais têm feito em 2022, desde a retomada efetiva dos grandes festivais. Gabriel continua:

Eu acho que os festivais perceberam a potência desses artistas no palco e também para vender ingressos e por isso eles estão aparecendo em muitos festivais. Antes tinha-se a percepção de que esses shows eram para teatro e casas de show mais tradicionais, mas ano após ano vemos que esses artistas têm repertório e bagagem o suficiente para impressionar qualquer público. São grandes clássicos do nosso imaginário e os shows ficam lindos com o público cantando e se emocionando junto. Além disso, esses artistas não vão ficar aí pra sempre – é importante reverenciá-los agora e acho que isso também tem uma grande influência.

A dica que fica é: nunca é tarde para ouvir os clássicos! Enquanto o Primavera Sound traz Gal Costa como o nome brasileiro mais importante de seu line-up com um show exclusivo e o Coala Festival traz Gal Costa, Maria Bethânia e Alceu Valença como headliners, o seu trabalho como fã de festivais e experiências sonoras é revisitar os clássicos!

Cartaz do Primavera Sound São Paulo 2022

Outra dica: embora o Coala Festival já esteja com ingressos esgotados, fiquem atentos às suas redes sociais porque, segundo Gabriel, o festival ainda reserva muitas surpresas até setembro! Seria mais um dia de evento? Um novo lote de ingressos à venda? Mais atrações cativantes?

Fique de olho no Instagram oficial do Coala Festival que logo você saberá!

MITA Festival

E se for do Rio de Janeiro, não perca o segundo final de semana do MITA Festival, que acabou de realizar a sua primeira edição em SP.

No próximo final de semana, o evento será realizado no Rio de Janeiro.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!