Início Nacionais Tom Zé e Joey Altruda lançam versões reggae para clássico “A Babá”,...

Tom Zé e Joey Altruda lançam versões reggae para clássico “A Babá”, lançado durante a ditadura; ouça

Canção foi composta durante a ditadura e se tornou um clássico

Tom Zé
Crédito: André Conti
 

O músico e compositor americano Joey Altruda, em parceria com Tom Zé, lançou nas plataformas digitais duas versões de “A Babá” através do selo Avocaudo Records.

A primeira é na pegada Heavy Dub Reggae, já a segunda foi produzida mais na vibe Ska Jamaicano.

A canção foi composta originalmente em 1972 e nasceu da união das lembranças de cantigas de roda.

 

“Escolhi ‘A Babá’ por vários motivos, um deles porque foi a primeira música do Tom Zé que ouvi, depois de encontrar o compacto original. Igualmente importante para mim é o conteúdo da letra dessa música e como ela é relevante para o estado atual do mundo,” revela Joey, que se envolveu com a música brasileira ao som dos Novos Baianos.

A versão original foi lançada durante a era da ditadura do Brasil e acho isso bastante profético. É importante para mim ter essas letras revividas em uma versão recém-gravada, como uma observação cultural e uma declaração sobre a atualidade.

Contato

Tom Zé conta como foi a abordagem do californiano e o que achou do resultado da mistura.

Joey Altruda me consultou, a respeito de aplicar à música um ritmo jamaicano e fiquei surpreso, de modo positivo, pelo interesse de ele, lá tão longe, no exterior querer gravá-la. Não me ocorre dar palpites a respeito (da regravação). ‘Quem gaba o toco é a coruja.’ Fiquei muito satisfeito.

Joey Altruda também já trabalhou ao lado de outros brasileiros como Seu Jorge, Bebel Gilberto, Mário Caldato e Arthur Verocai.

Letra

O Rockefeller acusou Branca de Neve
Os anões se dividiram
Três de sim e três de não
Mas um morreu de susto
E perguntava, perguntava, perguntava
Mas quem é, quem é, quem é?

Quem é que agora
Está cantando acalantos
Pra cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci
Quem é que está fazendo
Pesadelos na cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci
Quem é que está passando
Dinamite na cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci

Quem é, quem é, quem é?
Me diga você que sabe datilografia
Quem é, quem é, quem é?
Me diga você que estudou filosofia

Quem é que agora está
Fazendo tanto medo na cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci
E quem é que tá
Botando piolho na cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci
Quem é que está passando
Pimenta na cabeça do século?
Ô de marré, de marré de si

Quem é, quem é, quem é?
Me diga você que sabe datilografia
Quem é, quem é, quem é
Me diga você que estudou filosofia

Quem é que agora está
Botando tanto grilo na cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci
E quem é que tá
Botando piolho na cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci
Quem é que tá passando
Pimenta na cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci
Quem é que tá passando dinamite na cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci
Quem é que empresta
Um travesseiro pra cabeça do século?
Ô de marré, de-marré-de-ci

 

Comentários