James Gunn na estreia de Homem-Formiga e a Vespa
Foto de James Gunn via Shutterstock
 

Ao que tudo indica o diretor James Gunn não deve ser recontratado pela Disney.

Pelo menos é o que garante a Variety, que disse ter fontes próximas dos estúdios que revelam que apesar da recente comoção pública do elenco de Guardiões da Galáxia pedindo para que ele retornasse, uma volta é improvável.

Ainda segundo as fontes, os tweets do passado que vieram à tona recentemente e mostram Gunn fazendo piadas de mau gosto com questões bastante sérias e delicadas são muito pesados e não podem ser relevados nesses casos.

Assim, mesmo com uma carta aberta assinada por nomes como Chris Pratt, Bradley Cooper, Zoe Saldana e Vin Diesel, o terceiro volume do filme deve ter outra pessoa no posto de diretor.

Alguns atores estariam pensando em seguir adiante para deixar o filme caso ele aconteça sem James Gunn, mas todos teriam obrigações contratuais para gravar a sequência.

 

Novo Diretor

Essa questão, inclusive, permanece um mistério.

Também de acordo com a Variety, a Disney teria pensado em nomes já acostumados com o universo Marvel, como Jon Favreau (Iron Man), Taika Waititi (Thor: Ragnarok) e os irmãos Russo (Avengers: Infinity War).

Esses nomes, porém, teriam compromissos com outros projetos e não estariam disponíveis, fazendo com que os responsáveis por Guardiões da Galáxia 3 tivesse alguém “de fora” na cadeira de diretor.

A pressão para uma decisão é grande já que havia a expectativa de que o novo filme chegasse aos cinemas em Fevereiro de 2019.