Tom Petty em casa
Foto: Genaro Molina / Los Angeles Times

Ao longo do último final de semana, belas homenagens ao cantor e compositor Tom Petty foram ouvidas em diversos festivais sediados nos Estados Unidos. Tudo isso prova a força que Petty tem para o legado do rock, e o quanto sua perda foi triste para o mundo da música.

Confira abaixo as homenagens:

Red Hot Chili Peppers

O Red Hot Chili Peppers se apresentou no Austin City Limits na noite de sábado (07). Durante a apresentação, o grupo prestou homenagem a Tom com uma das primeiras músicas de sua carreira solo, “A Face in the Crowd”, do álbum Full Moon Fever, de 1989. Quem assumiu o tributo foi o guitarrista Josh Klinghoffer, que cantou e apresentou uma versão solo da música.

No entanto, pouco antes dessa homenagem, o grupo já havia dedicado “What is Soul?”, um cover do grupo Funkadelic, ao músico.

No mesmo festival, a banda The Killers também fez uma bela homenagem a Petty.

 

Cage The Elephant

As homenagens não ficaram restritas ao Texas. No CalJam, ocorrido no último sábado na Califórnia, a banda Cage the Elephant tocou “Mary Jane’s Last Dance” em homenagem a Tom.

No entanto, não foi a primeira vez que o grupo toca essa música. No início do ano, a banda aprendeu a canção para tocá-la no Prêmio MusiCares de Personalidade do Ano, premiação anual que é organizada pela Recording Academy (a mesma do Grammy). Tom Petty foi o homenageado deste ano.

Desde então, a banda incorporou a canção nos setlists de seus shows ao longo de 2017.

 

Conor Oberst

Na sexta, foi a vez do norte americano Conor Oberst homenagear Petty. Durante sua apresentação no Hardly Strictly Bluegrass, em San Francisco, o cantor fez cover do single “Walls (Circus)”, lançado em 1996.

A performance contou com a participação do grupo folk The Felice Brothers.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!