Dave Mustaine e James Hetfield Metallica
 

Dave Mustaine deu sua primeira entrevista para falar do câncer que o afastou do Megadeth nos últimos meses.

O músico foi diagnosticado com um tumor na língua em junho deste ano e, por isso, cancelou toda a turnê da banda para focar no tratamento. Agora, com a pior fase já para trás, Mustaine está confiante com sua saúde e animado para voltar a trabalhar. Ele também estava gravando um novo disco com o Megadeth, o que deve ser retomado em breve.

Em entrevista à Rolling Stone, o músico afirmou várias vezes que não vai deixar se abater com a doença, e ainda deu mais detalhes.

Eu estou do outro lado da maior parte deste tratamento, e me sinto muito forte. Após a radiação, o cara disse que todos os meus resultados eram ótimos. ‘Você parece estar no estágio 1 e deveria estar no estágio 3 agora.’ E depois o oncologista disse a mesma coisa: ‘você parece muito forte.’ Então continuamos com o processo.

Dave Mustaine ainda revelou que descobriu o câncer após sentir algo estranho na boca. Segundo ele, seus dentes são extremamente sensíveis, o que o levou a acreditar que o problema estaria nesta área. O frontman do Megadeth ainda reclamou de um dos médicos que o atendeu, que não teve sensibilidade para lhe falar da possibilidade da doença.

Ele ainda se mostrou confiante:

Há pessoas ao redor do mundo orando por mim. Eu me cuido muito bem, e eu não sei como alguém poderia esperar outro resultado além desse, me conhecendo. Eu nunca fico satisfeito com nada que não seja o sucesso ou, neste caso, a vitória.

O músico ainda citou sua fé e religião como parte do sucesso de seu tratamento.

James Hetfield

Em outra parte da conversa, Dave Mustaine ainda revelou que James Hetfield, do Metallica, foi uma das pessoas que esteve ao seu lado.

O músico fez parte da banda nos anos 80 e foi demitido em um clima não muito bom. Ao longo dos anos, muito se falou sobre uma contínua inimizade entre os dois, mas Mustaine afirma que isso não existe mais.

Recebi muita coisa de gente que eu não esperava e nem sabia que se importavam. Mais notável ainda, eu recebi uma mensagem do meu velho irmão, James Hetfield, e fiquei muito, muito feliz de ouvir algo dele. Ao contrário do que muita gente diz e ao contrário do nosso histórico, eu amo o James, e sei que o James me ama e se importa comigo. Você pode ver isso quando o momento da verdade chega e eu conto ao mundo que tenho uma doença séria. Quem vem ficar do meu lado? James.

Leia a entrevista completa, em inglês, clicando aqui.

LEIA TAMBÉM: Metallica: Lars Ulrich fala sobre a recuperação de James Hetfield

   
 
Compartilhar