YG, rapper
Foto: Flickr/Kevin Cortopassi
 

Uma situação bem desconfortável aconteceu no festival Mala Luna, em San Antonio, no Texas. Em uma apresentação do rapper YG, ele chamou um garoto da plateia para subir ao palco durante seu show.

Até aí, tudo certo. O que complicou as coisas foi o pedido que o músico fez ao fã:

Eu te vi na plateia. Eu te perguntei se você tá do lado do Donald Trump. Você disse que não sabe. Então como você não sabe, eu preciso que você decida agora. Eu preciso que você fale seu nome, deixe claro seu nome porque eu sei que sua mamãe, seu papai, sua vovó e seu vovô estão assistindo. Fale seu nome e grite, ‘Foda-se Donald Trump’.

O fã não atendeu às demandas do artista, que perdeu a paciência. É bem provável que ele já esperava que isso fosse acontecer, pois a resposta estava na ponta da língua:

Não vai? Tira esse bundão daqui. Some daqui. Ele é um apoiador de Donald Trump – tira esse bundão daqui!

A plateia prontamente vaiou o fã, mas ficou um climão, hein? Confira no vídeo a seguir.

YG e “Fuck Donald Trump”

Em defesa de YG, talvez o fã realmente estivesse no lugar errado. O maior sucesso do rapper, que no ano passado alegou ter sofrido racismo da companhia aérea American Airlines, é a canção “Fuck Donald Trump” (“Foda-se Donald Trump”). A faixa, lançada em 2016, conta ainda com participação do falecido Nipsey Hussle.

Previsível, né?

LEIA TAMBÉM: “De Volta Para o Futuro”: roteirista diz que vilão foi inspirado em Donald Trump

     
 
Compartilhar