Foto: @Fo​gAgain/Facebook
 

Estamos cada vez mais próximos de um disco novo do blink-182, e agora Mark Hoppus deu mais um gostinho do que podemos esperar.

Depois de comparar o material com o homônimo do grupo, lançado em 2003, e falar que o álbum vai em “direções esquisitas”, agora o baixista revelou que as novas músicas são “agressivas e sombrias”.

Em conversa com a NME, Hoppus também falou sobre California, disco lançado em 2016:

É bem diferente do California. É muito mais agressivo. É mais sombrio no tema e no tom. Se você gosta do California e Enema of the State, então esse disco é mais como o homônimo, onde estamos tentando experimentar mais: tentando experimentar mais, tentando novos sons e tentando expandir além do que as pessoas acham que o blink-182 é.

Ao falar sobre seu processo para escrever as músicas, Mark também foi questionado sobre as letras do Simples Creatures, seu novo projeto com o frontman do All Time Low.

Elas são bem pessoais. Eu acho que o mundo é um lugar bem estranho agora, no geral. As pessoas estão realmente feridas, todo mundo está no limite e isso se encaixa em tudo que você faz. Há também muita gente cheia de esperança e coisas positivas no mundo. Esperançosamente, estamos movendo o mundo na direção correta, mesmo diante de todos estes obstáculos esquisitos.

Agora é esperar para ver!

Turnê comemorativa

Em 2019, o disco Enema of the State completa 20 anos de lançamento.

A banda já deu a entender que deve sair em turnê para comemorar o aniversário, inclusive tocando o disco na íntegra. Saiba mais aqui.

     
 
Compartilhar