Pink
Foto: Reprodução / YouTube
 

A polêmica envolvendo a NFL anda causando grande repercussão entre artistas. Além de Rihanna, parece que uma outra grande artista pop teria sido cogitada para o show do intervalo do Super Bowl de 2019: P!nk. No entanto, tal como a colega de profissão, a cantora teria recusado a proposta.

A informação vem do veículo Entertainment Tonight, que conta que as negociações longas levaram à desistência por parte de Pink. Aparentemente, Rihanna e P!nk foram as escolhas iniciais para o evento, o de maior audiência televisiva no mundo dos esportes. Após a recusa de ambas as cantoras, a NFL teria fechado a apresentação com o grupo Maroon 5.

Teria sido o grupo liderado por Adam Levine a última opção?

 

O caso de Colin Kaepernick

O principal motivo que levou Rihanna a não seguir adiante com as negociações com a NFL foi o caso de Colin Kaepernick, ex-jogador da equipe San Francisco 49ers. No entanto, não se sabe ao certo se os motivos de Pink coincidem com os de Rihanna.

Kaepernick foi afastado da liga em 2016 quando protestou contra o racismo e a violência policial no país durante a execução do hino nacional antes dos jogos. Essa teria sido, segundo o atual presidente Donald Trump, uma atitude desrespeitosa. O jogador, recentemente, entrou com um processo contra a NFL.

Pelo menos sabemos que P!nk está confirmadíssima para ser headliner da próxima edição do Rock In Rio. Vai ser a primeira vez da cantora no Brasil!