Os 10 shows de intervalo mais marcantes da história do Super Bowl
Imagens: Reprodução/YouTube

Está chegando o grande dia para fãs de futebol americano – e de música! A 58ª edição do Super Bowl, a grande final da NFL, acontece neste domingo (11) e terá o cantor Usher comandando o show do intervalo.

Em 15 minutos, o artista vencedor de oito Grammys promete fazer uma homenagem a ícones negros do R&B. Usher já tinha sido convidado no Halftime Show de 2011, que foi comandado pelo Black Eyed Peas, e agora terá a noite só para ele.

O show do intervalo do Super Bowl já se tornou uma atração à parte e, para muitos, é inclusive mais importante do que o próprio jogo, que neste ano será entre o Kansas City Chiefs e o San Francisco 49ers.

Pensando nisso, o TMDQA! rankeou as 10 apresentações mais marcantes da história do Halftime Show, lista que inclui gigantes como Michael Jackson, Bruce Springsteen, Diana Ross e Dr. Dre. Quem será que ficou em primeiro lugar?!

LEIA TAMBÉM: Taylor Swift deve fazer “viagem no tempo” para ver o Super Bowl em Las Vegas

Os 10 shows de intervalo mais icônicos do Super Bowl

10. Aerosmith e ‘N Sync (2001)

Em várias edições, o Super Bowl promoveu encontros incríveis de artistas de gerações ou estilos diferentes. Foi o caso em 2001, quando o Rock de Steven Tyler encontrou Justin Timberlake, novo príncipe do Pop naquele momento.

Aquela foi a primeira vez que o evento permitiu a entrada de fãs no campo para ficarem ao redor do palco, algo que nunca mais saiu da cerimônia. A noite ainda teve participações surpresa de Britney Spears, Mary J. Blige e Nelly cantando “Walk This Way”.

9. Michael Jackson (1993)

Entre as décadas de 1960 e 1980, eram as bandas de marchinhas das universidades locais que cuidavam do entretenimento no intervalo da partida. O primeiro artista famoso convidado para fazer um show de verdade, em rede nacional, foi simplesmente o Rei do Pop.

Levando em conta as limitações de produção e transmissão de uma primeira vez, a apresentação de Michael foi memorável cantando “We Are the World” e “Heal the World” ao lado de um coral infantil.

8. Janet Jackson (2004)

Mais um show da família Jackson, e mais um com participações de Nelly e Justin Timberlake. A enérgica apresentação de Janet Jackson contou com vários dançarinos, mega produção e muitos hits, e ainda abriu espaço para o Rap e o Rock com Diddy e Kid Rock.

A noite, no entanto, ficou mesmo marcada por um incidente no final em que Timberlake remove uma peça de roupa de Janet por acidente, revelando uma parte do seio da cantora.

7. Rihanna (2023)

Se analisarmos apenas o quesito “icônico” da coisa, fica difícil superar o show de Riri no ano passado, quando – do alto de uma plataforma – ela apareceu mostrando a barriga em um lindo look vermelho, anunciando a gravidez de seu segundo filho.

Sem convidados e com poucas firulas, ela entregou uma chuva de hits como “Umbrella”, “Rude Boy” e “Only Girl (In the World)”, além de sucessos menores como “Birthday Cake” e “S&M”Assista aqui.

Rihanna no Super Bowl: assista ao vídeo do aguardado show na íntegra
Reprodução / YouTube

6. Bruce Springsteen (2009)

Outro que apostou totalmente em suas músicas, sem floreios ou participações especiais, foi o “boss” Bruce Springsteen com sua E Street Band.

Muito conectado com a cultura americana, ele combinou perfeitamente o jogo de futebol com hits como “Born to Run” e “Working on a Dream”. Ele ainda mudou a letra de “Glory Days”, música que fala sobre beisebol, para expressões futebolísticas. Assista aqui.

Bruce Springsteen no Super Bowl
Reprodução/YouTube

5. Bruno Mars (2014)

Apesar de ser havaiano, Bruno Mars também montou um show todo-americano que começou com criancinhas de mãos dadas diante da bandeira dos EUA e terminou com soldados dedicando “Just the Way You Are” às suas famílias.

Pode parecer piegas para quem é de fora, mas o cantor também entregou seu carisma e talento de sempre, e ainda convidou o Red Hot Chili Peppers para tocar o clássico “Give It Away”. Mars ainda voltaria ao Super Bowl em 2016 e 2019.

4. Diana Ross (1996)

Voltando lá para a década de 1990, outro ícone que não poderia ficar de fora da noite mais importante da TV americana era Diana Ross. E é claro que a diva preparou uma performance realmente inesquecível.

Ela inaugurou as “plataformas que descem do céu” no Super Bowl, mudou de roupa a cada música, entregou hits como “Baby Love” e “Ain’t No Mountain High Enough” e ainda pegou carona num helicóptero na saída.

3. Dr. Dre e Snoop Dogg (2022)

O Rap andava muito mal representado no Halftime Show até dois anos atrás, quando a NFL convidou um time de estrelas do estilo liderados por Dr. Dre e Snoop Dogg.

O show teve 50 Cent cantando “In Da Club” de ponta cabeça, Mary J. Blige retornando ao Super Bowl, Eminem com o clássico “Lose Yourself” e Kendrick Lamar representando a nova geração. No final, todos cantaram “Still D.R.E.” com o mentor dessa galera toda atrás de uma mesa de som. Assista aqui.

Lendas do Rap no Super Bowl: confira o vídeo do show na íntegra
Reprodução / YouTube

2. Beyoncé (2013)

Já faz duas décadas que o show de Queen B está entre os maiores espetáculos do planeta, e no Super Bowl não poderia ser diferente. Mas ela também aproveitou a ocasião para passar mensagens políticas.

Vestida toda de preto do início ao fim, ela levou apenas mulheres para o palco, incluindo suas ex-colegas de Destiny’s Child para cantar “Single Ladies”, música de sua carreira solo. O medley ainda incluiu “Crazy in Love”, “Baby Boy” e a emocionante “Halo” para fechar.

1. Prince (2007)

O primeiro lugar provavelmente será uma unanimidade para todo mundo que você perguntar. Um dos maiores artistas que já andou na Terra, Prince fez uma verdadeira homenagem ao Rock com covers de Queen, Creedence Clearwater Revival, Bob Dylan e Foo Fighters, antes de encerrar com o clássico supremo “Purple Rain”.

Ele ainda reverenciou a história do Super Bowl ao convidar a banda marcial da Universidade da Flórida, tudo isso sob uma chuva torrencial que não estava prevista e gerou dúvidas sobre a presença de Prince. Ele não apenas compareceu, como fez isso aí que você pode assistir neste link.

Prince no Super Bowl 2017
Foto de Prince no Super Bowl via Shutterstock

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!