HAIM
Foto: Divulgação
 

O trio HAIM revelou à revista Grazia que decidiu demitir um de seus agentes após descobrir que uma atração masculina recebeu um cachê 10 vezes maior que o das irmãs californianas para se apresentar no mesmo festival.

A banda conta que aceitou participar de determinado festival, não revelado pelo trio, pois foi feita a oferta de uma oportunidade de promoção à banda. “Nos disseram que nosso pagamento seria bem baixo porque tocaríamos no festival na esperança de tocarmos também na rádio”, relembra Danielle Haim, vocalista do trio.

Não pensamos duas vezes, mas depois descobrimos que alguém estava sendo pago 10 vezes mais. Por causa disso, nós demitimos nosso agente.

É foda receber a metade do dinheiro. Mas receber um décimo do que o outro recebeu? Aquilo foi insano.

As irmãs ainda falaram sobre o machismo que enfrentam diariamente dentro do universo da música. Alana, a irmã mais nova, reclama da falta de confiança das pessoas de que uma banda totalmente feminina consiga trabalhar por conta própria.

O que nos assustou foi sentir que, se agíssemos de certa maneira, as pessoas pensariam que nós não tocávamos nossos próprios instrumentos.

Pessoas ainda me perguntam ‘Quem realmente escreve suas músicas?’. Muitas pessoas automaticamente aceitam o fato de que uma banda só de homens escreve as próprias músicas, mas quando veem uma banda só de mulheres, pensam ‘Ah, deve ter um homem por trás disso, colocando lenha na fogueira.’

 
Compartilhar