10 músicas definitivas do Charlie Brown Jr.
Imagem: Divulgação

A qualquer momento que você conferir as bandas mais ouvidas do Brasil nos serviços de streaming, o Charlie Brown Jr. vai estar lá. Nos primeiros meses de 2023, a banda de Chorão ficou em primeiro lugar, mesmo 10 anos após a morte do vocalista.

É impossível evitar o fato de que a história da banda é triste e trágica. O cantor, considerado um dos maiores poetas do nosso Rock, sofreu uma overdose aos 42 anos, e o amigo Champignon, também um dos maiores baixistas do país, não suportou e tirou a própria vida seis meses depois.

Mesmo com os episódios tão tristes, o CBJR se consolidou para sempre entre as maiores lendas do Brasil, e as homenagens seguem firmes até hoje com os integrantes remanescentes e também com lançamentos especiais.

Até porque foram 10 discos incríveis lançados em apenas 16 anos, que renderam inúmeros hits, mensagens inesquecíveis e shows marcantes. O TMDQA! assumiu a missão de escolher 10 músicas que sintetizam toda essa trajetória, e você pode ouvi-las abaixo!

10 músicas definitivas do Charlie Brown Jr.

“O Côro Vai Comê” – Transpiração Contínua Prolongada (1997)

A primeira música do primeiro disco da banda já anunciava: “Os caras do Charlie Brown invadiram a cidade!”.

Com a mistura de Punk e Ska que marcou aquele início de carreira, “O Côro Vai Comê” esteve em praticamente todos os shows do grupo até o fim.

“Proibida Pra Mim (Grazon)” – Transpiração Contínua Prolongada (1997)

O álbum de estreia rendeu cinco singles e todos muito marcantes, mas “Proibida Pra Mim” se tornou uma das músicas mais famosas da banda em todo o mundo.

Ela foi escrita para a namorada e futura esposa de Chorão, Graziela – apelidada de Grazon. A faixa foi regravada por nomes como Zeca Baleiro e Tiago Iorc.

“Te Levar Daqui” – Preço Curto… Prazo Longo (1999)

É difícil escolher só uma música do segundo álbum do CBJR (calma que ainda vamos dar um jeito de encaixar outra!), mas considerando que “Te Levar Daqui” foi abertura da novela Malhação por sete anos, é difícil negar o impacto que ela teve em toda uma geração.

“Zóio de Lula” – Acústico MTV: Charlie Brown Jr. (2003)

Uma pausa na cronologia vem em tempo de trazer justamente a outra faixa do Preço Curto… Prazo Longo, só que na versão do Acústico MTV.

A história do rapaz que tem um “escritório na praia” para observar uma mulher pela qual está apaixonado é uma das mais divertidas de toda a carreira do Charlie Brown Jr. e a versão especial desta gravação se tornou eterna.

LEIA TAMBÉM: As 10 melhores letras do Charlie Brown Jr. escritas pelo lendário Chorão

“Não É Sério” – Nadando com os Tubarões (2000)

Uma das maiores críticas sociais da discografia do CBJR, “Não É Sério” conta com versos incríveis de Negra Li. O mesmo álbum também traz parcerias com outras lendas do Rap nacional – RZO e Sabotage – e ajudou a consolidar a posição do grupo como um navegador de estilos, abraçando sonoridades diferentes a todo tempo.

“Lugar Ao Sol” – 100% Charlie Brown Jr. – Abalando a Sua Fábrica (2001)

Primeiro single do disco Abalando a Sua Fábrica, “Lugar Ao Sol” foi escrita por Chorão para seu pai, falecido no ano anterior. A faixa foi regravada por nomes como Sandy e Raimundos.

“Só Por Uma Noite” – Bocas Ordinárias (2002)

Bocas Ordinárias é um disco mais intenso com relação aos anteriores.

O segundo single, “Só Por Uma Noite”, é uma mostra de como essa intensidade era contrastada pelas belas construções melódicas do álbum, que traz inclusive a primeira cover da carreira do Charlie Brown, de “Baader-Meinhof Blues” da Legião Urbana.

“Senhor do Tempo” – Imunidade Musical (2005)

Imunidade Musical foi o primeiro álbum sem os membros originais Champignon, Marcão Britto e Renato Pelado, sendo que os dois primeiros retornariam em 2011.

Ainda assim, ele rendeu dois dos maiores sucessos da banda, começando por “Senhor do Tempo”. Chorão e sua “habilidade de fazer histórias tristes virarem melodia”!

“Dias de Luta, Dias de Glória” – Imunidade Musical (2005)

A outra música de Imunidade Musical que merece entrar nesta lista é, claro, “Dias de Luta, Dias de Glória”.

Essa era uma das músicas preferidas de Chorão, e os amigos e integrantes do CBJR inclusive cantaram a faixa na missa de sétimo dia do cantor.

“Só os Loucos Sabem” – Camisa 10 Joga Bola Até na Chuva (2009)

O último álbum do Charlie Brown Jr. com Chorão ainda vivo rendeu uma das frases que é mais associada ao vocalista: “Só os Loucos Sabem”.

Ela foi composta após uma experiência religiosa ao lado de Rodolfo Abrantes, ex-Raimundos.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! BRASIL

Música brasileira de primeira: MPB, Indie, Rock Nacional, Rap e mais: o melhor das bandas e artistas brasileiros na Playlist TMDQA! Brasil para você ouvir e conhecer agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!