Mark Hoppus se emociona com discurso durante show do blink-182
Reprodução/Twitter

Quem conhece a história de “Adam’s Song” sabe que a canção é uma das mais sérias e emocionantes do blink-182, com uma motivação muito honesta e complexa por trás.

Para resumir de forma breve, a música que integrou o disco Enema of the State (1999) surgiu a partir da solidão que Mark Hoppus sentia enquanto estava em turnê, ao mesmo tempo em que também se sentia sozinho quando voltava para casa por não possuir uma companheira.

Inspirada também em uma revista que falava sobre um adolescente que tirou a própria vida e deixou uma carta para a família, “Adam’s Song” tem uma forte mensagem anti-suicídio e, apesar de algumas polêmicas ao longo dos anos, já literalmente salvou muitas vidas — incluindo a do próprio Hoppus, segundo o baixista e vocalista em um show recente.

Mark Hoppus fala sobre música do blink-182 que salvou sua vida

Durante uma apresentação em Nashville, nos EUA, Hoppus fez um forte discurso antes de tocar “Adam’s Song” exaltando o quanto essa música foi importante para ele. Segundo o músico, ela foi responsável por salvar sua vida há algum tempo e, agora, cumpriu o mesmo papel enquanto ele batalhou o câncer:

Quero falar um pouquinho sobre essa próxima música. Eu escrevi essa próxima música quando eu estava em um momento da minha vida em que eu achei que não queria continuar. E eu escrevi essa música e nós gravamos essa música e a música salvou minha vida. E aí alguns anos atrás eu me encontrei na mesma situação, sem saber se eu continuaria seguindo em frente, mas dessa vez não foi por escolha.

Eu fui diagnosticado com câncer, um linfoma em estágio 4, e eu estava passando pela quimioterapia. E porra, eu não contei pra ninguém. Eu não… Porra, eu tinha certeza de que uma vez que saísse a notícia de que eu estava com câncer e que eu estava lutando com isso, a porra da internet estaria tipo, ‘Vá se foder, seu babaca! Você merece morrer!’. E aí, porra, eu sem querer postei disso no Instagram e, porra, foi incrível o tanto de amor e apoio que recebi de completos estranhos na internet, do mundo inteiro. Porra, me fez aguentar um momento muito difícil.

[risos] Porra, estou chorando, que merda. E os médicos e a quimioterapia e a minha família me fizeram melhorar. Mas eu era uma porra de um ser humano vazio, uma sombra do que eu era. E essa banda, e esses completos estranhos e estar aqui no palco com todos vocês… Me salvou pela segunda vez. Isso é o que faz a música tão especial e o que faz a música ao vivo ser tão especial. Estamos todos nesse mesmo lugar dividindo esse momento. Então essa próxima música vai para cada um de vocês aqui hoje. Àqueles que ainda estão lutando, e aos que perdemos no meio do caminho. Eu amo todos vocês.

A fala de Mark fez com que ele próprio se emocionasse e obrigou até mesmo Tom DeLonge a enxugar as lágrimas antes de começar a tocar as primeiras notas da canção.

Veja o vídeo da performance em Nashville logo abaixo!

blink-182 e “Adam’s Song”

Vale lembrar que a música voltou ao repertório do blink-182 há poucos anos, depois da banda ter ficado quase uma década sem tocá-la em homenagem à morte de Adam Goldstein, mais conhecido como DJ AM, um amigo pessoal próximo de Travis Barker e da banda como um todo.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! BRASIL

Música brasileira de primeira: MPB, Indie, Rock Nacional, Rap e mais: o melhor das bandas e artistas brasileiros na Playlist TMDQA! Brasil para você ouvir e conhecer agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!