Roger Waters em Brasília: o que esperar de um dos shows mais politizados do ano na capital do país?

Roger Waters inicia sua turnê pelo Brasil em 2023 com uma passagem por Brasília que deve ter emoção, polêmica e até possíveis participações especiais.

Roger Waters no Brasil, Rio de Janeiro
Foto por Diego Castanho

Quando Roger Waters esteve pela última vez no Brasil, em 2018, seus shows estiveram entre os assuntos mais comentados do país o tempo todo. Em 2023, o ex-Pink Floyd volta ao país e a tendência é que isso se repita, já que a turnê This Is Not a Drill é tão politizada quanto sua antecessora.

Na época, em meio a tensões eleitorais, Roger não fugiu das polêmicas e se posicionou de forma contrária ao então candidato Jair Bolsonaro; em entrevista para promover os shows, aliás, ele chegou a chamar o ex-presidente de “corrupto e insano”.

Com a repercussão de tudo, Roger chegou até a receber alertas da Justiça Eleitoral por seus posicionamentos, e as performances continuam repercutindo mesmo anos após suas realizações devido à eterna discussão sobre o papel da música (e dos músicos) na política.

É claro que, no meio disso, Waters também entregou um show verdadeiramente impactante com grandes sucessos de uma das maiores bandas da história, além de ter proporcionado experiências incríveis para quem pôde acompanhar a superprodução que ele trouxe ao Brasil.

Continua após o vídeo

Roger Waters volta ao Brasil em 2023 com show politizado

Em 2023, Roger estará de volta ao nosso país para apresentar a turnê que considera a sua “mais política e mais humana”, como te contamos por aqui.

Logo no início da excursão, como te contamos nesta matéria, o músico já deixou bem claro que a sua posição é de que música e política são temas totalmente interligados. Não à toa, as performances têm trazido mensagens fortes sobre assuntos como violência policial, aborto e transfobia.

A passagem da This Is Not a Drill começa em 24 de Outubro com um show em Brasília, que pode ter contornos especiais por toda a simbologia política que a cidade tem.

Continua após o vídeo

O que esperar do show de Roger Waters em Brasília?

Levando em conta uma mensagem que Roger Waters enviou ao atual presidente Lula há algum tempo, além de ter descrito o petista como “verdadeiro e confiável”, não seria de se estranhar que o atual mandatário faça algum tipo de participação no evento.

Não há nada confirmado até o momento, claro, mas vale ressaltar que recentemente Lula discursou durante um show do Coldplay em Paris. Ainda que o presidente não esteja disponível, também não é impossível conceber que algum outro representante da classe política esteja por lá.

De todo jeito, os fãs de Roger que forem à apresentação em Brasília podem esperar mais uma atuação afrontosa do músico. Mesmo fora do país, ele tem feito, por exemplo, uma homenagem a Marielle Franco em um momento do show no qual destaca defensores dos direitos humanos.

Continua após o vídeo

Isso tudo certamente ganha uma relevância ainda mais notável na capital do país, tão conhecida por abrigar justamente a classe política. Para adicionar um tempero ainda maior à noite do dia 24/10, vale ressaltar que Roger foi alvo de um pedido para o cancelamento de seus shows por aqui, o que não acontecerá.

O pedido surgiu depois da mais recente polêmica de Waters, que envolve a sua encenação de um oficial nazista como parte do espetáculo. Apesar do cancelamento não ser uma possibilidade, ainda há uma certa expectativa quanto a uma possível ação policial durante a performance — especialmente no show de Brasília, que será o primeiro da turnê e portanto promete fortes emoções.

Continua após o vídeo

Roger Waters traz clássicos do Pink Floyd ao Brasil

É claro que toda a questão política é bastante importante, mas a gente sabe que o principal em qualquer show é a música e Roger Waters definitivamente não decepciona nesse sentido. Além de oferecer arranjos únicos e especiais para grandes clássicos, o músico tem selecionado um repertório impecável para a atual turnê.

Logo abaixo, você confere como foi o setlist de seu último show na Europa em 2023 para ter uma ideia do que esperar dessas apresentações tão aguardadas no Brasil. Vai ser imperdível!

Além de Brasília, cujos ingressos você pode garantir por aqui, Roger Waters ainda leva a This Is Not a Drill para Rio de Janeiro (28/10), Porto Alegre (01/11), Curitiba (04/11), Belo Horizonte (08/11) e São Paulo, que já está com ingressos esgotados no dia 11/11 e possui uma data extra com bilhetes disponíveis em 12/11. Garanta o seu neste link.

Setlist da turnê This Is Not a Drill, de Roger Waters

1. Comfortably Numb (Pink Floyd)
2. The Happiest Days of Our Lives (Pink Floyd)
3. Another Brick in the Wall, Part 2 (Pink Floyd)
4. Another Brick in the Wall, Part 3 (Pink Floyd)
5. The Powers That Be
6. The Bravery of Being Out of Range
7. The Bar
8. Have a Cigar (Pink Floyd)
9. Wish You Were Here (Pink Floyd)
10. Shine On You Crazy Diamond (Parts VI-IX) (Pink Floyd)
11. Sheep (Pink Floyd)
Set 2:
12. In the Flesh (Pink Floyd)
13. Run Like Hell (Pink Floyd)
14. Déjà Vu
15. Déjà Vu (Reprise)
16. Is This the Life We Really Want?
17. Money (Pink Floyd)
18. Us and Them (Pink Floyd)
19. Any Colour You Like (Pink Floyd)
20. Brain Damage (Pink Floyd)
21. Eclipse (Pink Floyd)
22. Two Suns in the Sunset (Pink Floyd)
23. The Bar (Reprise)
24. Outside the Wall (Pink Floyd)