CENA 2k22

Neste final de semana dos dias 17, 18 e 19 de junho, acontecerá em São Paulo a edição 2k22 do Festival CENA. Com um elenco estrelado, são mais de cem atrações que subirão aos palcos do Sambódromo do Anhembi.

Diversos dos artistas ali já estão repletos de expectativas, como o intrigante estadunidense Playboi Carti ou o maior nome da história do rap nacional, Racionais MC’s. Djonga e Filipe Ret já são nomes conhecidos no país, enquanto é difícil imaginar um fã de rap que em 2022 não esteja familiarizado com Tasha & Tracie ou MD Chefe; como um festival mais focado no trap, certamente uma enorme parcela já conhece muito bem os sons de Recayd Mob ou Raffa Moreira. Apesar disso, existem enormes talentos que provavelmente você não conhece.

Dentre as mais de 100 atrações do evento, existem alguns diamantes ainda sendo lapidados, com menos tempo de rua mas com muito talento e alguns grandes sons já lançados. Embora não sejam exatamente estes os artistas que atraem a grande massa, uma das coisas mais legais de festivais — se não a mais legal — é conhecer seu próximo artista favorito. Com isso em mente, separamos aqui 8 rappers em ascensão que já mostraram seu talento e que você deveria anotar para assistir ao show, seja neste final de semana ou em uma ocasião futura. Eu certamente vou!

Os critérios de inclusão aqui são: menos de 200.000 ouvintes mensais no Spotify e menos de 5 anos desde o primeiro álbum ou mixtape. Sem mais delongas, vamos à lista!

Big Bllakk

Data do show: sexta-feira (17/06)

Diretamente da Cidade de Deus, Big Bllakk tem uma voz que já chama a atenção logo de cara. Seu timbre grave, casado com seus flows, dá a ele uma presença enorme sobre os beats de drill que costuma rimar. Membro do Covil da Bruxa, o MC mostrou desde seus primeiros singles, ainda em 2020, que é questão de tempo até seus números subirem. Sua primeira mixtape, ERREJOTACULTDRILL, vol. 1, é uma bela amostra disso.

Cristal

Data do show: sábado (18/06)

Menos de três anos desde seu primeiro single, Cristal é talvez a artista mais talentosa a surgir nestes últimos anos no rap nacional. Com versatilidade para transitar entre diferentes beats e uma caneta já muito refinada, a artista rapidamente chamou a atenção de ninguém menos que Djonga, com quem já fez um feat e por quem já foi citada em um som. Em seu primeiro EP, “Quartzo”, Cristal mostrou que está chegando para ficar.

Monna Brutal

Data do show: sábado (18/06)

Poucos MCs tem um nome artístico tão autoexplicativo como ela. Representante de uma geração de artistas trans que têm conquistado na base da luta seu espaço no mundo da música, a artista é de fato brutal com suas rimas. Habilidade para acelerar o flow ou lançar punchlines não falta aqui, e é nisso que ela aposta em seus sons, onde o rap raiz está em primeiro lugar. Monna Brutal tem técnica suficiente para bater de frente com seu MC favorito.

Lis MC

Data do show: domingo (19/06)

Lis é uma expressão de talento puro, sendo uma excelente rimadora em cima de beats de trap sobre os quais a escrita não costuma ser o foco. Seja no braggadocio ou só entregando sua voz mais melódica, a MC garante sempre uma boa audição. Olho nela não só no show mas também em seus próximos lançamentos, já que seu único trabalho solo é o EP Infernal, lançado ainda em 2019.

RT Mallone

Data do show: domingo (19/06)

Vindo de Juiz de Fora, RT Mallone é um dos MCs mais completos a surgirem nos últimos 5 anos e é difícil entender por que ele ainda não tem um público maior. Já com dois álbuns e uma mixtape em seu catálogo, os três trabalhos têm muito destaque pela habilidade não só como rimador, mas também pela união disso a uma coesão temática que pouco se vê numa geração onde os tópicos são trocados a cada 2 linhas. Kipembe, seu último disco, foi um dos melhores do último ano, e você já deveria tê-lo ouvido.

Sotam

Data do show: sexta-feira (17/06)

Desta lista, Sotam deve ser não só o mais conhecido do público do festival mas também o que mais se aproxima do que conhecemos no trap nacional. Mesmo sem ter sons diferentes, Sotam faz o que sabe muito bem, entregando estéticas mais coloridas, traps melódicos e abuso da voz cantada de forma muito cativante. Seu som cria atmosferas excelentes, e seu álbum CRUSH é uma excelente escolha para ouvir com o mozão. E se for com o mozão no CENA, já sabe que show não deve perder, né?

Torya

Data do show: domingo (19/06)

Torya é uma vibe. Sua voz e a sensualidade que exala em suas músicas são extremamente cativantes, e rimando ou cantando em beats que mesclam R&B com o trap ela desponta como uma das melhores do país nesta vertente, sendo uma artista que se dá muito bem tanto em suas músicas solo quanto em colaborações, elevando o nível de basicamente todas as tracks que participa.

VND

Data do show: sábado (18/06)

Seja no drill, no grime ou no boombap, VND sabe muito bem como dominar qualquer beat dizendo coisas que precisam ser ouvidas. Seu último álbum, Eu Também Sou Um Anjo, passeia por estas duas estéticas sempre mantendo um ótimo nível tanto de rima quanto de storytelling, que é uma das maiores virtudes do MC. A forma com que amarra seus conceitos se destaca, e a expectativa não poderia não ser de um grande show.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar