Travis Barker e Kourtney Kardashian
Reprodução/Twitter

Lá em Setembro de 2021, te falamos por aqui sobre o dia em que Kourtney Kardashian foi flagrada ao lado do noivo, Travis Barker, vestindo uma camisa do Cannibal Corpse.

Na época, Kourtney foi criticada por diversos fãs de Metal por supostamente usar a roupa da banda sem conhecer as músicas — ainda que ninguém soubesse se ela é ou não fã dos caras — e até o ex-vocalista do grupo, Chris Barnes, chamou o casal de “posers” em uma postagem.

Apesar de ter sido defendida na ocasião por outros nomes do gênero, como Dino Cazares (Fear Factory), a socialite também foi defendida pelo parceiro e baterista do blink-182 em uma nova entrevista de Barker com a Revolver (via Consequence):

Em relação a isso, essa é a merda mais imbecil de todos os tempos. Obviamente minha noiva não ouve Cannibal Corpse, mas eu ouço. Eu cresci amando eles. O fato de [alguém] mencionar isso de uma forma negativa — imbecil pra caralho. Ela [estava] usando [a camisa] porque estava com frio. Ela não está dizendo que conhece todas as músicas. Mas eu conheço! Eu comprei cada um dos álbuns e eu aprendi a tocar cada um dos álbuns.

Eu cresci como um jovem do Punk Rock, [mas] toda essa questão do Punk Rock — ‘eu sou mais Punk do que você’ —, simplesmente foda-se tudo isso. Fique feliz que as pessoas curtem a música. A música é bela! Ela muda a vida das pessoas. Ela cria as melhores memórias. Só celebre isso, sabe?

Em tempo, você pode relembrar outros casos semelhantes ao de Kourtney por aqui.

Travis Barker e camisas de Metal

Aproveitando o tópico, Barker deixou bem claro que não é só o Cannibal Corpse que está na sua coleção de camisetas. O baterista contou:

Eu tenho uma cacetada de camisetas do Cannibal Corpse. Eu ainda os amo. Eu tenho uma cacetada de camisetas do King Diamond e camisas raras do Slayer porque eu amo essas bandas pra caralho. Eu cresci ouvindo elas. Mesmo que eu seja, sabe, o que quer que o mundo queira me ver como — ‘ah, é o baterista do blink-182’ — esse cara na verdade estava tocando em uma garagem com uma galera do Speed Metal ouvindo D.R.I. e S.O.D., e eu aproveitei cada porra de minuto disso.

Recado dado! Mas fica a pergunta: será que algum dia finalmente poderemos deixar cada um se vestir como quiser sem dar tanto pitaco assim?

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!