Apuke traz representatividade lésbica no trap com “Ca$Ada Com Ela”
Foto: Danilo Crispin / Divulgação
 

Com o objetivo de experimentar e de se desafiar, Apuke se junta a Lucas Kakuda no single “Ca$Ada Com Ela”.

A canção mostra um lado que a produtora e DJ sempre quis explorar: o canto e a composição. Ela explica que é um forma de se mostrar como uma artista eclética e que tem capacidade de fazer beat, cantar, escrever, dirigir um clipe, pensar no roteiro e no figurino.

A obra também tem o intuito de falar sobre amor e sexo de sua perspectiva, enquanto mulher lésbica. “Eu estava cansada de querer músicas que falassem sobre isso e só ter homens como protagonistas das narrativas. Nós, mulheres lésbicas, temos o total direito de falarmos sobre o que quisermos”, destaca.

Com seu trabalho, ela espera inspirar e evidenciar para todas as mulheres lésbicas e LGBTQIA+ que as cenas do rap, do trap e do funk também às pertencem, e que só é possível diminuir os preconceitos dentro delas ocupando-as. “É uma maneira de furar a bolha, uma vez que você coloca a sua cara a tapa e afirma que você pode fazer o que quiser.  Parte dessa revolução, sou eu enquanto mulher, todos os dias ter força para levantar e falar que eu consigo e que vou dar o melhor de mim, é toda a construção desse trabalho”, finaliza.

Veja abaixo!

Apuke – “Ca$Ada Com Ela”

 
Compartilhar