MTV nos anos 80
Reprodução/Internet Archive
 

Quem acompanhou os anos de ouro da MTV sabe muito bem o quanto a emissora foi importante não apenas para moldar o gosto musical de uma geração inteira, mas também por influenciar na estética, humor e em tantos outros aspectos de lifestyle.

Aqui no Brasil, já tem algum tempo que a programação ainda está bem diferente — ainda assim, a temática musical ao menos tenta prevalecer. Nos EUA, a situação mudou de vez e uma postagem recente feita pelo perfil que divulga a grade diária da emissora deixa isso bem claro.

Continua após o post

Como você deve ter visto acima, a cor laranja domina a grade. Ela é usada para representar o programa Ridiculousness, apresentado por Rob Dyrdek, que consiste em basicamente reações a pessoas se acidentando/tendo resultados inesperados que geram uma situação cômica — ou seja, basicamente um grande programa de “videocassetadas”.

Além dele, também vemos que a maior parte da programação é baseada em reality shows ou similares. Catfish, a série, é a segunda mais presente, seguida por alguns filmes como Meninas Malvadas — que será exibido duas vezes quase seguidas, com apenas um outro longa no meio como “intervalo”.

O triste fim da MTV nos EUA

Ilustrando ainda mais essa situação, o icônico baterista Questlove — famoso por seu trabalho com o The Roots e no programa de Jimmy Fallon — fez uma publicação que levantou a perda de relevância da emissora ao comentar justamente sobre o VMA, o Video Music Awards, que ocupou boa parte da programação de domingo (12) e é a maior atração musical em muito tempo por lá.

Relembrando a época de ouro e fazendo um paralelo com os dias atuais, ele escreveu:

Lembram quando assistir aos VMAs era quase uma religião? Do tapete vermelho ao pós show — nesse fim de semana eu vi todas essas celebridades andando pelo meu bairro.

Eu: espera aí, o que vocês estão fazendo aqui?
Elas: estamos aqui para os VMAs!
Eu: a MTV ainda tem isso? achei que tudo que eles exibiam era ‘Martin’ [sitcom dos anos 90].

Continua após o post

Para ser justo, é importante destacar que, diferentemente do Brasil, a MTV dos EUA tem diversos canais à disposição. Além da versão tradicional, também existem a MTV2, MTV Classic, MTV U, MTV Live e MTV Tres.

Ainda assim, a programação musical fica restrita aos canais que estão presentes apenas em planos mais caros (os quatro últimos). Mais do que isso, se resume em boa parte apenas à exibição de clipes, sem qualquer tipo de intervenção dos (já saudosos?) VJs.

A MTV2, que no passado ficou conhecida por dar espaço a gêneros menos radiofônicos como o Metal, a predominância é também dos programas de humor. Séries como RENO 911Key & Peele marcam presença constante, por exemplo.

Infelizmente, um triste fim.

 
Compartilhar