Bam Margera
Foto via Wikimedia Commons
 

Após a ausência de Bam Margera no trailer do quarto filme de Jackass chamar a atenção dos fãs da franquia, surgiu uma situação delicada entre o skatista e a equipe do longa.

De acordo com a Rolling Stone, Margera entrou com um processo nesta segunda-feira (9) contra Johnny Knoxville, a MTV, a Paramount Pictures e outros profissionais envolvidos em Jackass Forever depois de ter sido demitido da nova produção.

Na ação apresentada no Tribunal Superior de Los Angeles, obtida pelo portal, Bam alega ter sido submetido a um “tratamento desumano, abusivo e discriminatório” relacionado a um “Acordo de Bem-Estar”.

Segundo o processo, para garantir seu papel no filme, ele teria sido coagido pelo produtor Spike Jonze, por Knoxville e pelo diretor Jeff Tremaine a assinar um acordo que o obrigava a realizar uma série de exames de drogas enquanto estava em uma clínica de reabilitação em 2019.

Bam Margera demitido de Jackass Forever

Em Agosto de 2020, Bam Margera foi demitido pelo estúdio após ser apontado que o skatista e ator “não permaneceu em conformidade com o Programa de Bem-Estar conforme exigido”, já que supostamente ele testou positivo para Adderall — um estimulante usado para o tratamento de TDAH.

Porém, a ação destaca que isso não deveria ser considerado uma violação de acordo, já que Margera utiliza a medicação há mais de 10 anos para tratar “problemas de saúde mental documentados, incluindo transtorno bipolar e transtorno de déficit de atenção”. O documento diz:

A Paramount usando isso como uma desculpa para demitir Margera foi nada menos que discriminatória.

Bam Margera, que foi um dos integrantes originais da série Jackass, da MTV, alega no processo que já tinha gravado várias cenas para o filme e ajudado na parte criativa dos conteúdos para a produção antes de ser demitido. Em um comunicado, ele admitiu:

Estou chateado, com raiva, magoado e arrasado porque Johnny (Knoxville), Jeff (Tremaine), Spike (Jonze) e os estúdios e produtores roubaram minha criatividade, conteúdo e proezas para fazer este filme, me demitindo sem justificativa, e se recusam a pagar pelo meu trabalho. Eu criei essa franquia antes que qualquer um desses caras se envolvesse.

Com a ação, Bam pleiteia liminar para o lançamento do filme, junto com uma indenização monetária.

Anteriormente, Steve-O, que também estrela o filme da famosa série, foi questionado sobre a ausência de Margera no longa. Em entrevista, ele justificou que o skatista está passando por problemas relacionados à sua sua mental e ao uso de substâncias. Saiba mais aqui.