Crédito: Ariela Bueno
 

Em Julho de 2020, Ana Cañas dava a partida em seu projeto baseado na obra de Belchior em uma live realizada durante a quarentena.

Um ano depois, a cantora liberou nas plataformas digitais a primeira parte dos dois EP’s em que interpreta canções de Belchior.

Além disso, Ana divulgou o clipe feito para “Alucinação”, uma das quatro faixas do compacto lançado pelo selo Guela Records em parceria com a Believe.

O vídeo tem a direção de Ariela Bueno e é estrelado pela atriz Maria Casadevall. Nas cenas, inspiradas no longa Persona, de Ingmar Bergman, Ana e Maria interagem e instigam sentimentos a partir da narrativa da melodia e da letra.

“Maria já tinha cantado esta música comigo em alguns shows meus. Ela é louca por Belchior e a pessoa perfeita para estar neste clipe comigo. Esta canção pede alguém preocupada com causas sociais e que é capaz de transformar partitura corporal em sentimento,” afirma a cantora.

“É potente ver o encontro de três mulheres, artistas e criadoras (Ana, Ariela e eu) com a música de Belchior. Ele é um grito no meio da noite e Ana é uma primavera em fúria”, opina a atriz, acrescentando que entre a idealização do clipe e execução se passaram mais de dois anos.

As outras canções do saudoso artista falecido em 2017 que aparecem no EP são “Velha Roupa Colorida”, “Galos, Noites e Quintais” e “Na Hora do Almoço”.

Projeto desafiador

Este é o primeiro registro de Ana totalmente como intérprete:

É um desafio enorme porque interpretar uma obra desse quilate requer um mergulho profundo. Como produtores do disco, Fabá Jimenez e eu tentamos desenvolver arranjos que propiciem uma viagem ao universo belchiorano mas com uma roupagem diferente, buscando uma leitura feminina nas letras que são sempre complexas e metafísicas.

Ainda não foi revelada a data de estreia a segunda parte do EP.

LEIA MAIS: Conversamos com Ana Cañas sobre seu show baseado na obra de Belchior