Ian Brown, do The Stone Roses
 

Nome histórico do Britpop por seu trabalho com o Stone Roses, o vocalista Ian Brown tem sido bastante firme em seu negacionismo da pandemia que já matou milhões ao redor do mundo e em seu país de origem, o Reino Unido.

Em Setembro, ele divulgou uma música anti-lockdown que veio acompanhada da mensagem “SEM LOCKDOWN SEM TESTES SEM RASTREAMENTO SEM MÁSCARAS SEM VACINA” e, agora, ele resolveu reclamar de como o Spotify “censurou” a sua arte por ter tirado a canção da plataforma:

SPOTiFY ganha com os streams e censura artistas como eles fizeram com minha última música A DERRUBARAM só a colocaram pelo buraco da memória! LIVRE EXPRESSãO COMO REVOLUÇÃO.

Em fala à NME, um representante do Spotify deixou claro que a plataforma “proíbe conteúdo que promove conteúdo perigoso falso, enganoso ou com o objetivo de confundir” quanto às informações oficiais da COVID-19, podendo “causar uma ameaça direta à saúde pública”.

Vale lembrar que, nos últimos dias, Brown cancelou sua participação em um festival por este exigir vacinação para os presentes. Infelizmente, mais um triste fim para um músico que teve alguns anos brilhantes de carreira.

LEIA TAMBÉM: Oasis tem seis dos dez singles do Britpop mais vendidos de todos os tempos