Anderson Leonardo (Molejo) e MC Maylon
Reprodução/Instagram
 

Após ser denunciado por estupro, Anderson Leonardo, vocalista do Molejo, deve processar sua suposta vítima.

Segundo Anderson, o cantor e dançarino Maicon Douglas Pinto de Nascimento Adão (MC Maylon), de 21 anos, fez “acusações levianas e inverídicas” em seu depoimento à polícia — te explicamos o caso aqui. Segundo Leonardo, as relações sexuais ocorreram, mas foram consensuais.

Em comunicado, Ivo Peralta, advogado de Anderson, diz (via QUEM):

Inicialmente, estamos buscando esclarecer junto às autoridades policiais todas as provas e depoimentos necessários para mostrar que não houve crime de estupro [por parte do cantor]. Em seguida, também pretendemos adotar medidas cabíveis para que a suposta vítima venha indenizar o Anderson pelos danos causados. O rapaz precisará responder tanto civil quanto criminalmente por calúnia e difamação. Vamos adotar medidas judiciais na esfera cível pela informação inverídica.

O advogado ainda continua, falando sobre as perdas materiais do vocalista do Molejo, que está enfrentando represálias na carreira. Leia:

Ele está tendo prejuízos excessivos com contratantes, que estão cancelando shows. Isso tem interferido no ganha-pão de cada um que trabalha com o grupo Molejo. São mais de trinta famílias que dependem dos shows e estão sendo prejudicadas por causa de uma mentira. Nós estamos produzindo um dossiê que vai ser peticionado com datas, fotos e muitas provas que mostram a inverdade do rapaz. No dia 12 de dezembro, por exemplo, a suposta vítima estava com a irmã do Anderson em uma festa, se divertindo, menos de 24 horas depois do suposto estupro, como se nada tivesse acontecido. Ou seja, é uma história muito fantasiosa.

Complicado.

 
 
Compartilhar