Phil Collins e Donald Trump
Fotos via Wikimedia Commons

Phil Collins é mais um na lista de artistas que não autorizam Donald Trump a usar suas músicas em sua campanha eleitoral.

Se juntando a nomes como Neil Young Linkin Park, o lendário baterista e vocalista viu o atual presidente e candidato à reeleição nos EUA usar o clássico “In the Air Tonight” em evento oficial sem sua permissão e já emitiu uma ordem de desistência direcionada ao político.

A ameaça de processo foi confirmada por um representante de Collins à Consequence of Sound. Ele afirmou:

Sim, nós estamos bem cientes do uso dessa música pela campanha de Trump e nós já emitimos uma ordem de desistência através dos nossos advogados que continuam a monitorar a situação.

Vale lembrar que, além de tudo, o atual mandatário também recebeu críticas por escolher uma música que fala sobre “o que está no ar hoje à noite” enquanto um vírus mortal circula — justamente — no ar.

Você pode ver um vídeo que mostra esse momento logo abaixo.

 
Compartilhar