Banksy e o
Foto por Zsolt Szigetváry/EPA (via The Guardian)
 

Banksy é um dos mais lendários artistas contemporâneos e, claro, grande parte do folclore em torno do cara vem do fato dele permanecer anônimo mesmo em meio a tanto sucesso de suas obras.

Pois ele acaba de ser traído por este anonimato e se vê colocado em uma situação complicada devido a uma empresa de cartões postais, a Full Colour Black.

Explicamos: a firma usou a icônica pintura “Flower Thrower” em um de seus produtos, e ele resolveu abrir um processo. Acontece que, pelo fato de Banksy não ter uma identidade revelada, não há uma marca registrada definida e nada impede a Full Colour Black de capitalizar em cima de suas obras, de acordo com o julgamento.

Segundo o The Guardian, a perda da causa se deu porque para os juízes responsáveis ele “não tem a intenção de usar a marca como marca registrada para comercializar bens […] mas apenas para contornar a lei”.

O caso é perigoso para o artista, já que abre um precedente para que todas as suas criações sejam exploradas.

Banksy

Vale lembrar que os últimos meses realmente não tem sido muito bons para Banksy, já que em Julho ele teve uma de suas artes mais recentes, feita no metrô de Londres, apagada por funcionários do transporte público.

Ainda assim, o cara segue assumindo responsabilidades que condizem com seu discurso: em Agosto, ele financiou um barco para salvar refugiados no mar Mediterrâneo. Saiba mais por aqui.

 
 
Compartilhar