Banksy faz grafite no presídio HM Reading
Reprodução / YouTube
   

No início desta semana um grafite no muro do presídio de Reading, ao sul da Inglaterra, chamou a atenção de quem passava pelo local.

O artista Banksy, que mantém sua real identidade em sigilo e é um dos mais celebrados em todo planeta, assumiu nesta quinta-feira (4) ser o dono da obra de arte publicando um vídeo dos bastidores da pintura.

O vídeo, chamado Create Escape, utiliza imagens e áudios do falecido pintor americano Bob Ross e mostra cenas de Banksy fazendo o grafite na parede da prisão de Reading.

Próximo ao final do vídeo, dois policiais aparecem observando a obra enquanto uma fala de Ross se encaixa perfeitamente com a cena: “Essa é realmente a parte divertida de toda essa técnica”.

Banksy, Oscar Wilde e a Prisão

A imagem grafitada pelo misterioso britânico apresenta um prisioneiro fugindo pelo muro utilizando lençóis amarrados e ancorados por uma máquina de escrever.

De acordo com a BBC (via CoS), alguns observadores apontaram algumas semelhanças entre o criminoso retratado e o escritor Oscar Wilde, que foi preso no local em 1895.

Wilde foi detido por causa das leis da época que criminalizavam a homossexualidade.

Após passar dois anos preso, o escritor celebrou sua liberdade com o poema The Ballad of Reading Gaol, sendo que “Reading Gaol” era o nome antigo da penitenciária.

A prisão HM Reading

A prisão não está funcionando desde 2013 e o governo pretende vendê-la a incorporadoras para que seja transformada em moradia.

Artistas e ativistas, incluindo Dame Judi Dench, Sir Kenneth Branagh e a atriz de Game of Thrones, Natalie Dormer, estão pedindo para que o local seja transformado em um ambiente voltado para as artes.

O Reading Borough Council, conselho responsável pela cidade, ficou feliz pelo possível apoio do artista plástico Banksy e comentou que está pressionando o Ministério da Justiça, que tem a posse da prisão, a tomar atitudes adequadas para proteger a imagem feita por ele:

Estamos emocionados que Banksy parece ter dado seu apoio ao desejo do conselho de transformar a área vazia de Reading em um farol de artes, patrimônio e cultura com esta obra de arte que ele apropriadamente chamou de Create Escape.

O Ministério da Justiça informou que está “ciente de que Banksy confirmou que é o responsável pelo grafite” e disse que está considerando quais serão as próximas etapas relacionadas à prisão.

Vale lembrar que, sim, essa é a mesma cidade de Reading que abriga o famoso festival de mesmo nome que em 2021 teve seus organizadores anunciando a nova edição e conseguiu esgotar ingressos em poucos dias, mas “se esquecendo” de conversar com as autoridades locais.

LEIA TAMBÉM: Banksy é traído pelo anonimato e perde processo de marca registrada

   
 
Compartilhar