Tom DeLonge e os OVNIS
   

Em Dezembro de 2017 e Março de 2018, Tom DeLonge (ex blink-182) liberou vídeos de OVNIS através da empresa To The Stars Academy, que fundou com o objetivo de explorar a vida fora da Terra.

Em Setembro de 2019, o exército norte-americano admitiu que os vídeos eram verdadeiros e relatos de pessoas envolvidas com o material inclusive deram conta que que os objetos voadores não identificados tinham propriedades “estranhas” e se movimentavam de maneira “incomum”.

Pois agora, para se juntar à pandemia do novo Coronavírus e ao incêndio em Chernobyl, temos também a notícia de que o governo dos EUA resolveu oficializar e liberar os três vídeos revelados anteriormente pela To The Stars com o status de “não confidenciais”.

Continua após o vídeo

Vídeos de OVNIs

Ao todo são três vídeos, FLIR1, Gimbal e GoFast, e eles mostram objetos se locomovendo rapidamente pelo céu, centralizados e destacados pelas imagens dos equipamentos da marinha americana.

As imagens foram registradas em 2004 e 2015 em testes de voo.

Sue Gough, porta-voz do Pentágono, explicou por que os militares dos EUA resolveram disponibilizar as imagens oficialmente, removendo o status de “confidencial” delas:

O objetivo é esclarecer quaisquer desinformações do público a respeito do fato dos vídeos que estão circulando serem reais ou não, ou se há ou não há mais coisas relacionadas aos vídeos.

Após uma revisão detalhada, o departamento determinou que o lançamento autorizado desses vídeos que não são confidenciais não revela nenhuma aptidão ou sistema sensíveis e não infringem quaisquer investigações subsequentes de incursões no espaço aéreo militar por fenômenos aéreos não identificados.

Em dois lados das discussões, estão os que acreditam em vida alienígena e dizem que os vídeos provam que ela existe e aqueles que argumentam que os objetos não foram identificados e são desconhecidos, mas não estão ligados a outro tipo de vida inteligente.

Nos Estados Unidos, especialistas têm dito que as opções “mais prováveis” são que outro país tenha tecnologias mais avançadas e as mantenha em segredo, ou que realmente exista atividade extraterrestre. Há ainda quem diga que os materiais são “comuns” mas as condições do tempo no dia para os pilotos e as imagens não os deixem claros e por isso, não são identificados.

De que lado você está?

To The Stars Academy

A companhia foi fundada por DeLonge em 2017 com nomes que vão desde engenheiros até ex-militares do governo norte-americano.

Entre os seus objetivos estão o estudo de vida alienígena até a pesquisa de materiais incomuns que possam servir como base para novos projetos, inclusive de transporte interplanetário.

Tom DeLonge

Tendo deixado o blink-182 em 2015 justamente para se dedicar às atividades com a To The Stars, Tom revelou que tem um novo disco da sua outra banda, Angels And Airwaves, pronto.

As incertezas da pandemia, porém, fizeram com que ainda não se saiba quando o sexto álbum será lançado.

 
 
Compartilhar