Músico tocando na rua
Foto stock via Wallpaper Flare
 

Como dizemos há algum tempo, toda ajuda é pouca para salvar os músicos que estão sem trabalho, especialmente os independentes. E uma nova informação revelada pela NME é prova disso.

A publicação conta que um fundo de 5 milhões de libras esterlinas (cerca de 32 milhões de reais) criado em 25 de Março pela instituição Help Musicians já está esgotado. Um dia após o lançamento do fundo, foram mais de 10 mil ligações e auxílios concedidos, encerrando as reservas do que havia sido acumulado.

Em comunicado, o executivo-chefe James Ainscough falou:

Não só milhares mais precisam de assistência, mas os auxílios de 500 libras que pudemos prover não irá durar pelo intervalo de 2-3 meses até eles receberem ajuda do governo. Não apenas precisamos de mais doações para nos ajudar a prover alívio imediato, o governo precisa agir com urgência para dar qualquer tipo de esperança aos músicos de sobreviver financeiramente pelos próximos meses.

O Reino Unido é uma nação de amantes da música e nós estamos vendo online e de varanda a varanda, como a música pode conectar os isolados e aumentar os ânimos de uma nação. Por mais difícil que seja para muitos nesses tempos, precisamos pedir àqueles que podem que ajudem com doações, porque a moral da história é que os músicos precisam de assistência financeira vital.

O resultado, na verdade, não é nenhuma surpresa. Como falamos por aqui, uma pesquisa feita recentemente pelo Sindicato dos Músicos no Reino Unido, instituição que representa mais de 32 mil profissionais do ramo, mostrou que 90% dos entrevistados já foram afetados pela crise e o valor total perdido chegava a mais de R$75 milhões.

Coronavírus e impactos para os músicos e empresas

Não são apenas os músicos que estão perdendo dinheiro. Como já havíamos falado por aqui, as produtoras de shows como a Live Nation e a AEG já suspenderam todas as suas apresentações e já perderam bilhões de dólares com toda a crise.

Ainda assim, essas empresas estão entre as que menos irão sofrer com tudo isso. É muito importante continuar apoiando e priorizando os artistas independentes, e fizemos um guia para te ajudar com isso — acesse por este link. Vale lembrar ainda que até bandas assinadas com grandes gravadoras estão agindo dessa forma, como o Avenged Sevenfold que chegou a suspender sua loja online.