Michael Scott (The Office) chorando

A série The Office continua popular mesmo anos após o seu fim, e ainda existem várias coisas que não sabemos sobre os bastidores da produção.

Essa é a ideia de Andy Greene ao publicar o livro The Office: The Untold Story of the Greatest Sitcom of the 2000s (The Office: A História Não Contada da Maior Sitcom dos Anos 2000). E, de acordo com a CoS, a obra já revelou algo que pouca gente sabia: não foi Steve Carell quem pediu para deixar a comédia, e sim a emissora NBC que pediu sua saída.

Tudo começou com uma falha de comunicação, pois Carell — ou Michael Scott, no seriado — teria comentado em uma entrevista de rádio que pensava em não seguir na produção depois da sétima temporada. No entanto, uma decisão não havia sido tomada e a rede de TV encarou aquilo como uma afronta, se recusando a renovar o contrato do ator.

(Alô, fãs de Friends, quem aqui se lembrou de quando Joey Tribbiani foi demitido de Days Of Our Lives por algo parecido?)

Como contou Kim Ferryhairstylist da série:

Ele não queria deixar a série. Ele contou à emissora que iria assinar por mais uns dois anos. […] Ele falou ao seu empresário e o seu empresário os contactou e disse que ele estava disposto a assinar outro contrato. E chegou o prazo para [a emissora] dar uma oferta a ele, e [o prazo] expirou e eles não fizeram nenhuma oferta. Então seu agente ficou tipo, ‘Bom, acho que eles não querem renovar com você por algum motivo.’ O que foi insano para mim. E para ele, eu acho.

Ferry ainda completou dizendo que se sente mal porque “muita gente acha que ele deixou o seriado por escolha própria e absolutamente não é verdade”, reforçando que “ele realmente queria ficar” e que a saída de Carell deixou toda a equipe “devastada” já que “ele era a alma do show”.

De toda forma, Scott deixou a Dunder Mifflin na sétima temporada em um momento de cortar corações. Ainda assim, retornou no último episódio de The Office para uma aparição especial que emocionou muita gente.

O livro de Andy Greene já está disponível no Brasil, apesar de não ter tradução. Você pode obter por aqui.

The Office

A icônica série de TV está completando 15 anos de existência em 2020. Uma empresa, aliás, chegou a oferecer uma bela grana para quem maratonasse a série; a promoção já se encerrou, mas você pode aproveitar a quarentena para fazer o mesmo, ainda que não receba nada por isso.

Vale lembrar que The Office é a série mais assistida da Netflix nos EUA, mas deixará a plataforma em Janeiro de 2021 rumo ao Peacockstreaming próprio da NBC.

Recentemente, contamos por aqui um segredo de anos da série: o conteúdo do bilhete de Jim (John Krasinski) para Pam (Jenna Fischer).

 
Compartilhar