Joey Kramer barrado Aerosmith
Reprodução/YouTube
 

A briga entre Joey Kramer e o Aerosmith tomou um rumo bastante feio nesta quinta-feira (23).

Como te contamos por aqui, o baterista está processando a banda por não conseguir voltar ao seu posto após um período de afastamento. Hoje, porém, Kramer tentou comparecer a um ensaio dos caras e foi barrado pelos seguranças — toda a situação foi filmada.

As más notícias continuam para Kramer, já que um juiz de Los Angeles definiu que o grupo não é obrigado a aceitar Joey de volta. Alinhado com a banda, o juiz decidiu que o baterista não estaria fisicamente ou emocionalmente pronto para tocar no evento que acontece nos próximos dias.

O Aerosmith tocará em um evento do Grammy na sexta-feira (24) e na premiação principal no domingo (26).

Joey Kramer se pronuncia

O baterista divulgou um comunicado extenso sobre sua situação, se dizendo “decepcionado” com a decisão da justiça e do Aerosmith.

Leia na íntegra (via CoS):

Embora eu esteja extremamente decepcionado com a decisão do juiz hoje, eu a respeito. Eu sabia que entrar com uma ação judicial seria um pouco difícil, considerando que os documentos corporativos não fazem referência a nenhum processo para que um membro da banda retorne após uma lesão ou doença. No entanto, a banda esperou até o dia 15 de janeiro para me dizer que não me deixaria tocar nas cerimônias de premiação desta semana. Eu posso manter minha cabeça erguida sabendo que fiz a coisa certa — lutar pelo meu direito de comemorar o sucesso da banda que dediquei a maior parte da minha vida e ajudei a construir.

A verdade fala por si. Desde que machuquei meu pé em agosto passado e passei por muitas horas de fisioterapia para me curar, nem uma vez a banda se ofereceu para ensaiar comigo. Isso é um fato. Também recebi a programação completa dos ensaios do dia 18 de janeiro e voei para Los Angeles no dia seguinte para ensaiar, e tenho muitas mensagens e e-mails informando que a banda estava ansiosa pelo meu retorno. Isso também é um fato. Quando apareci para ensaiar, fui recebido por dois seguranças que me proibiram de entrar.

A oferta do grupo de me permitir participar das celebrações do MusiCares e do Grammy desta semana apenas para fotos no tapete vermelho é apreciada; no entanto, com um baterista substituto tocando no palco em dois eventos em homenagem a nossas contribuições musicais, isso é extremamente doloroso para mim. Sou um músico profissional que está ansioso para voltar ao meu lugar de direito no Aerosmith.

Quero agradecer aos meus fãs pelo incrível apoio e por compartilhar meu objetivo de tomar meu lugar no palco como um dos cinco membros fundadores do Aerosmith e continuar tocando a música que amo.

Complicado…

 
 
Compartilhar