James Hetfield, do Metallica
Foto via Shutterstock
 

A apresentação do Metallica nos Grammys foi muito falada, mas não por bons motivos: problemas técnicos acabaram prejudicando parte da performance da canção “Moth Into Flame” com a cantora Lady Gaga.

Por quase metade da música, o microfone de James Hetfield não funcionou, obrigando o vocalista a dividir um microfone com Gaga até o problema ser resolvido. Ao acabar a apresentação, o músico saiu do palco chutando tudo e jogando sua guitarra, e o baterista Lars Ulrich falou que Hetfield estava “furioso” após a apresentação.

Como já era de se esperar, várias teorias surgiram sobre os motivos por trás do erro, e nós listamos alguns abaixo via Alternative Nation, reportando diversos pontos de vista sobre a história.

Assistente de Palco: uma fonte do TMZ afirmou que um assistente de palco “acidentalmente” desplugou um cabo embaixo do palco.

Dançarinos: já um porta-voz do comitê organizador acredita que um dançarino ou algum figurante acabou tropeçando no cabo sem querer.

A misteriosa webstream: um fato curioso é que, um dia após a apresentação, acabou surgindo uma “versão” da apresentação onde o microfone de James funcionava, mas muitos acreditam que seja um trabalho feito por algum fã, que deve ter usado áudio de algum show recente do Metallica.

Já no Reddit, alguns fãs acreditam que o áudio do microfone na versão web pode mesmo ter funcionado, uma vez que os cabos que conectam na mesa de som saem para diversos lugares diferentes: som do local, televisão e internet.

Mas e aí, o que você acha que aconteceu?

Assista à performance “correta” clicando aqui.

 
Compartilhar